A Sociedade Cinderela | Kay Cassidy - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
junho 19, 2013 Falando de Resenhas

A Sociedade Cinderela | Kay Cassidy


Resenha O Ladrão de Cadáveres

Título: A Sociedade Cinderela
Autor: Kay Cassidy
Editora: Galera Record
Skoob: Adicione!
Compre o livro: SARAIVA | CULTURA
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Aos 16 dezesseis anos, Jess Parker se acostumou a ser invisível. Depois de mudar de escola várias vezes por conta do trabalho do pai, ela se conformou com o status de eterna garota nova. Mas agora Jess tem a chance de uma vida: um convite para participar da Sociedade Cinderela, um clube secreto das garotas mais populares da escola, onde makeovers fazem parte do pacote. Mas há mais a ser uma Cindy que apenas reinventar o visual. E Jess está prestes a descobrir.

Esse é um livro totalmente girl power, como a própria Becca Fitzpatrick o definiu! Senti todo desejo de participar da Sociedade Cinderela e ser uma Cindy! Kay, cadê a continuação, linda?

Jessica Parker mudou de escola mais uma vez. Em dezesseis anos, mudou-se nove vezes por causa da profissão do pai. Para muitas pessoas as mudanças são vistas como algo tranquilo e fácil de se adaptar, mas para Jess não era exatamente assim, era difícil ser a novata nas escolas com muita frequência. Mas no Mt. Sterling High as coisas não iam tão bem de verdade.

Jess não tinha grandes ambições relacionadas à escola, além de se enturmar, é claro, mas seu maior desejo era participar das líderes de torcida. E foi na nova escola, buscando exatamente ser uma líder, que acaba roubando o lugar de Lexy, a menina que estava tornando sua vida um verdadeiro pesadelo. Além de criar boatos, a chamava constantemente de Ladrazinha e tornava sua vida ainda pior, não tinha amigos e a maioria das pessoas acreditavam nos boatos. Não satisfeita com as provocações, Jess é simplesmente caidinha pelo irmão de Lexy, Ryan, que por ser uma garota comum, acredita com todas as forças que ele nem a nota. Mas tudo muda no último dia de aula, nas férias de verão, quando abre seu armário e encontra um convite instruindo que fosse para o Moinho, um restaurante local, utilizando o acessório que estava dentro do envelope, um pequeno broche de sapato alto prateado.

– Jessica Parker. Você possui o dom excepcional da liderança. Louvamos sua determinação inabalável e firme lealdade. Você é uma defensora da justiça e uma guardiã visionária do mundo.
Meu queixo caiu quando Sarah Jane colocou um lindo pingente prateado de borboleta em minha mão livre.
– Irmã Jess – sussurrou ela -, nós celebramos seu potencial e acolhemos seus dons na Irmandade.

Jess tem apenas dezesseis anos e é convidada para entrar numa sociedade secreta, a Sociedade Cinderela. O que mais admirei em tudo que existe na sociedade é que elas não exigiram, em momento algum, que Jess mudasse de conduta ou até mesmo a forma que se veste. Ela, como qualquer menina da sua idade, apesar da cultura diferente, tem seus problemas com a estima e é insegura, mas com o apoio das Irmãs isso acaba mudando ao longo do seu aprendizado e treinamento. Ao se tornar uma Cindy, ela percebe também que a Sociedade Cinderela vai muito além do que ela imaginava ser, apenas um grupo de meninas se reunindo tentando enfrentar as Malvadas.

A forma como a autora criou os “grupos” foi bem inteligente e divertido, é fácil se sentir num conto de fadas do século XXI. Do lado bom, no caso as meninas da Sociedade Cinderela, as meninas eram as Cindys e seus namorados os Encantados. Já do lado mau, Lexy e companhia, eram as Malvadas e os Vilões. Mas no meio disso tudo temos os Joviais, as pessoas que as Malvadas maltratam, humilham e chantageiam para se beneficiarem ou até mesmo se sentirem bem com isso. E toda a história gira em torno dos Joviais e luta das Cindys contra as Malvadas.

Esse Chick Lit me surpreendeu! Achei que fosse ser algo bem mulherzinha, mas foi exatamente o contrário. Tudo bem, temos uma sociedade secreta que se chama Cinderela, mas ela vai muito além de coisas superficiais. Temos também Jess que, de certa forma, fica ainda mais forte e muda para melhor ao longo da narrativa. Os personagens, apesar de ter algumas partes mais lentas, são super divertidos e carismáticos e de alguma forma me fizeram mudar a visão de algumas coisas, acredite! Jess e Ryan são complicados, cada um com seus medos, mas são lindos e fofos.

Para os amantes de Chick Lit, sem dúvidas a Sociedade Cinderela é um livro que vocês vão amar.

Aviso!

Sei que fiquei quase uma semana sem aparecer aqui, mas isso só aconteceu porque na semana passada voltei a trabalhar e as coisas tiveram que voltar aos seus devidos lugares e acabei desacostumando. Mas agora, finalmente, está tudo certo e estou bem mais bem organizada e tudo voltará ao normal. Senti saudade de vocês!



Deixe o seu comentário

17 Respostas para "A Sociedade Cinderela | Kay Cassidy"

Gabriel Ribeiro Gomes - 19 junho 2013 às 21:34

Oie 🙂

Nossa estou louco nesse livro quero ler o mais urgente possível, amei sua resenha 😀

http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá 😀 )

Responder

mary micucci - 19 junho 2013 às 22:30

Não conhecia essa livro. Gostei da história!

http://marymicucci.com

Responder

Raquel Araujo - 20 junho 2013 às 10:37

Poxa, eu AMO chicklits. Tá, não AMO de só ler esse tipo de literatura, mas curto intercalar livros assim mais leves com uma leitura mais complexa de suspense e tal… To super querendo esse livro e espero poder comprar em breve.

beijos
Kel
porumaboaleitura.blogspot.com.br

Responder

Bruna - 20 junho 2013 às 11:47

Quero muito esse livro…Necessito de livro girl power
A cada resenha só aumenta minha vontade
Um Beijo, Brubs
Livros de Cabeceira
@IWannaRuffles

Responder

Silvana Crepaldi - 20 junho 2013 às 16:44

Ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro. Só posso dizer que quero ler agora. Amo chick lit e adorei o que você expôs do livro. Quando vi o nome achei que era mais infantil.

http://blogprefacio.blogspot.com.br/

Responder

Jessica - 20 junho 2013 às 21:21

Oi, primeiro gostaria de agradecer sua visita.
Muito legal seu cantinho viu?

Sobre o livro, adorei a resenha. 🙂 não conhecia o livro, e descobertas novas são
sempre bem vindas kk

Beijo

Responder

Nathalia Carvalho - 21 junho 2013 às 21:49

Eu já havia visto A Sociedade Cinderela na livraria mas, só pela resenha e pela capa, não havia botado muita fé nele, não. Sua resenha fez com que eu mudasse um pouco de conceito quanto a ele. Gostei de saber que a história não é tão superficial quanto parece ser.

girlishbooks.blogspot.com.br
@girlishbooks

Responder

Bel Vicentin - 21 junho 2013 às 22:03

Vi A Sociedade Cinderela em algum blog e fiquei muito curiosa pra ler. Saber que a Becca Fitzpatrick gostou já é, pra mim, algo excelente, hahaha. E eu amo chick-lit então… É, acho que vou gostar. Sua resenha me deixou animada, apesar da nota mais ou menos baixa. Mas o que eu imaginava do livro mudou radicalmente – pra melhor! Espero ler logo <3
Que bom que você voltou! Já estava com saudades de ler suas resenhas, Thá <3

Beeijos

Responder

Mirelle - 21 junho 2013 às 23:49

Lá vem você de novo me deixando louca para ler um livro hein!! Ai, isso é perigoso.. kkk parei tudo para ler O Futuro de Nós Dois por sua causa e simplesmente tô me coçando para ler ASC. Simplesmente amo chick-lits, e adoro quando os autores desconstroem uma história famosa e criam um enredo moderno e diferente para ela. Beijos, Mi

http://www.recantodami.com

Responder

Rodrigo Lessa - 22 junho 2013 às 00:04

Esse livro está na lista dos meus mais desejados do momento D: Gostaria muito de ler Sociedade Cinderela, pois me identifiquei com o livro, qual o problema? kk Gostei bastante, tipo eu já mudei de escola assim como ela, umas 4 vezes, acredito que ela sofreu mais, eu até gostava rs. Mas então.. logo depois ela é chamada para essa Irmandade secreta e eu quero muuuuito ler para saber como ela reage sobre isso, sobre mais cenas, sobre os pensamentos dela. Achei a leitura bem fácil e ótima, um livro agradavel, quero muito le-lo!

Responder

Tâmara Moya - 22 junho 2013 às 09:50

Florrr
Adoro Chick Lits!!!
Essa sociedade secreta do livro me pareceu bem original, porque o tipo de sociedade citado é o oposto ao qual estamos acostumados a ler, e também porque os próprios personagens se fazem irreverentes em um ambiente totalmente moderno.
Outro ponto que me chamou a atenção na resenha é que o romance também é colocado de um modo sutil e fofo, fazendo com que o leitor se deleite com os acontecimentos. Acredito que o amadurecimento e superação são pontos principais do livro.
Sem falar na capa que é linda de uma maneira simples e cativante!
Bjus

Responder

Marco Antonio - 23 junho 2013 às 11:00

Olá Thaís,

Muitas pessoas estão falando bem desse livro e você não foi diferente…gostaria de lê-lo…vai para a listinha…abraços.

http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Responder

Jheyscilane - 24 junho 2013 às 11:17

Primeira resenha que leio do livro e parece mesmo ser uma gracinha 🙂
Fiquei curiosa para conhecer a Sociedade Cinderela ahh e as malvadas também (Fiquei com pena dos Joviais rsrs)

Beijos,
Jhey.

Responder

Gel Borges - 25 junho 2013 às 21:12

Oi flor…
Adorei sua resenha!
Esse estilo de leitura está ganhando pontos comigo. Li algumas resenhas sobre esse livro não tão boas quanto a sua.
Vou tirar minhas próprias impressões lendo!
Parabéns e até a próxima!

Responder

Geeh Maciel - 08 julho 2013 às 15:56

Tem indicação da Becca!?? *-*
Já amei!!!
Mas a verdade é que eu não resisto a um bom chick-lit, e assim como vc tive a impressão de que é algo bem “mulherzinha” , estilo meninas malvadas! hahah
Quero muito ler esse livro!! *-*

Parabéns pela resenha!!

Responder

Thaís Lemos Cavalcante - 08 julho 2013 às 21:23

@Geeh Maciel Geeh, se você gosta de chick-lit, super indicado. Sou um pouco difícil de ser conquistada por alguns chick-lits, mas esse simplesmente amei.

Responder

Bianca Remohi - 09 julho 2013 às 17:51

Me pareceu uma história um pouco “menininha demais” rs, mas confesso que me deixou curiosa para saber o que realmente é essa Sociedade Cinderela (você deixou o gostinho e me aguçou a curiosidade sua espertinha rs). Pelo o que vc diz ela parece ser uma boa escritora, então não vejo motivos para não ler esse livro! Gostei do fato de não tentarem mudar quem a Jess é, e sim, a sua rotina.

Parece ser um bom livro e você me convenceu a ler linda, beijos!

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por