BiblioTech: uma biblioteca sem livros - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
janeiro 06, 2014 Falando de Matéria

BiblioTech: uma biblioteca sem livros


Já pensou ir para um biblioteca e nela não ter livros físicos? A BiblioTech é exatamente isso: uma biblioteca pública totalmente digital.

A primeira biblioteca foi aberta no condado de Bexar County, no Texas, há alguns meses e tem a previsão de ultrapassar a marca dos 100 mil visitantes no primeiro ano. O projeto foi desenvolvido pelo juiz Nelson Wolff, um colecionador de obras raras, mas que ainda assim está de olho no futuro. O projeto custou US$ 2,4 milhões.

Será que este é o futuro das próximas bibliotecas? A BiblioTech possui mais de 10 mil títulos e é equipada com 800 e-redears, sendo 200 e-readers para que as crianças utilizem, quase 50 computadores, contando também com laptops e iPads. Os e-readers pode ficar com o leitor por duas semanas e já vão com os títulos que você quiser. Se não for devolvido até o prazo, o usuário pode receber uma multa.

Mas para utilizar o acervo não é necessário ir até lá, você pode acessar tudo pela internet. E as regras são as mesmas para quem está com o leitor de livros próprio, o prazo é de 14 dias e depois o livro é excluído.

Bibliotech

“Eu disse para nossa população que eles precisam conferir isso. Esse é o futuro”, disse Mary Graham, vice-presidente de Charleston Metro da Câmara de Comércio da Carolina do Sul. “Se vão construir novas bibliotecas, isso é o que precisam fazer.”

Alguns projetos parecidos foram iniciados mas não tiveram tanto sucesso. Em 2011, na Califórnia, a ideia de uma biblioteca sem livros seria inserida na cidade de Newport Beach, mas acabaram desistindo. No Arizona, a Tucson-Pima abriu uma filial digital, mas os moradores disseram que preferiam os livros e foi o que aconteceu, o projeto não deu certo. Qual o motivo da BiblioTech estar dando certo no Texas?

Será que um projeto assim daria certo aqui no Brasil? E para você, funcionaria?

Fonte e Fonte



Deixe o seu comentário

5 Respostas para "BiblioTech: uma biblioteca sem livros"

Renata - 07 janeiro 2014 às 07:23

Não sei se daria certo aqui… eu por exemplo tenho muitos e-books para ler e tenho a maior preguiça de ler na tela. Prefiro o livro de verdade.
bjs

Responder

Oliveira - 07 janeiro 2014 às 19:04

A ideia é boa, diferente, mas creio que no Brasil está a distancia de fazer algo assim.

Responder

Mell Ferraz - 08 janeiro 2014 às 21:08

Que sensacional! Simplesmente genial essa ideia. Eu frequentaria assiduamente uma bibliotech! E adorei o nome, por sinal rs

Amei a matéria.
Beijos,
Mell Ferraz
http://www.literature-se.com/

Responder

Mirelle - 09 janeiro 2014 às 04:19

Ai que legal, eu ia adorar, já que sou viciada em ebooks. Beijos, Mi

http://www.recantodami.com

Responder

Raquel Moritz - 10 janeiro 2014 às 10:47

Gostei da ideia! Acho que eu toparia, embora não goste muito de ler livros digitais. Mas a ideia é realmente muito boa!

Beijo <3

Raquel
http://www.pipocamusical.com.br

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por