Opinião sobre filmes
novembro 12, 2016 Falando de Filmes

5 coisas para saber antes de assistir Animais Fantásticos e Onde Habitam


Levanta a mão quem também está contando os dias para assistir Animais Fantásticos e Onde Habitam! \o/

Esse é aquele filme baseado num livro que nos perguntamos: como ele foi baseado num livro se só encontramos um enorme catálogo de animais fantásticos? Bom, isso tem uma explicação, pequeno aprendiz de bruxo. Qual a história? Qual personagem pode aparecer? Essas são algumas coisas que posso explicar para você também no novo vídeo que saiu lá no canal!

Então, vamos sentar e falar sobre isso juntos? Querem ver mais vídeos sobre Animais Fantásticos e Onde Habitam? Deixem nos comentários porque o pedido de vocês é uma ordem!

Animais Fantásticos e Onde Habital

Não esqueça de se inscrever no canal para acompanhar os novos vídeos.

YoutubeTwitterFacebookInstagramSkoobGoodreads

novembro 20, 2015 Falando de Filmes

Jogos Vorazes – A Esperança: O Final


É difícil dar adeus à uma série incrível, que despertou diferentes sentimentos, que nos fez chorar, rir e se apaixonar pelos personagens. Não foi fácil para mim sair do cinema e saber que aquela seria a última estreia que iria ver de Jogos Vorazes, o fim de uma saga, o fim de uma revolução chegou em A Esperança: O Final. Mas no final das contas, ver que uma série foi super bem representada e adaptada para o cinema, a evolução dos atores, dos personagens, da fotografia, produção e a forma que os filmes complementam os livros é impagável, foi tudo isso que valeu a pena.

Confesso que esse não é o meu livro favorito da trilogia, mas apesar dos pesares, gostei do que vi. Claro, existiram algumas coisas que não me agradaram tanto, como a forma que tentaram inserir um triângulo amoroso nesse último filme, como quiseram forçar algo que a própria Katniss no livro é indiferente. E diferente dos três filmes anteriores a ação não é o ponto principal da história aqui. Portanto, se você não leu os livros, vá com a seguinte ideia em mente: a revolução acontece aqui. O objetivo principal de A Esperança: O Final é fazer com que a Katniss chegue até Snow para vingar tudo e todos.

Se você já assistiu, me diz aí nos comentários o que achou do último filme! Mas, se você ainda vai assistir, me diz quais são suas expectativas, o que você espera ver. 🙂

Não esqueça de se inscrever no canal para acompanhar os novos vídeos.

YoutubeTwitterFacebookInstagramSkoobGoodreads

agosto 25, 2015 Falando de Filmes

O Pequeno Príncipe – O Filme


Falar sobre um dos livros que me encantou durante a infância e que continua me encantando durante a vida adulta não é tão fácil quanto parece. Quando reli O Pequeno Príncipe e fiz a resenha dele, foi quase impossível colocar em palavras o que eu havia entendido e que não tinha percebido na primeira vez que o li. E ao assistir ao filme d’O Pequeno Príncipe, a sensação foi bem parecida, uma terceira interpretação de uma mesma obra.

Mark Osborne, o direito do filme, criou 2 histórias (quase 3) paralelas. Mas tudo se encaixa tão perfeitamente no final, que você começa a se perguntar: o que é essencial para mim?

Confira o vídeo:

Não esqueça de se inscrever no canal para acompanhar os novos vídeos.

YoutubeTwitterFacebookInstagramSkoobGoodreads

julho 11, 2015 Falando de Filmes // Resenhas

Cidades de Papel: Livro + Filme


Quando chegamos ao ponto de admitir que o filme é melhor que o livro, isso quer dizer que o filme conseguiu ultrapassar as barreiras de qualquer expectativa. E tratando-se de Cidades de Papel, o filme ultrapassou até as expectativas do próprio autor que disse, na coletiva de imprensa, que o filme é melhor que o livro.

A essência da história está nos dois veículos, mas no filme tudo ficou muito mais divertido e muito mais pessoal que no livro. Os personagens são mais vívidos, a amizade entre Ben, Radar e Q é muito mais intensa e, além disso, fizeram um filme para diferentes idades com o objetivo de entreter e passar uma mensagem incrível!

Confira o vídeo!

Já assistiu Cidades de Papel? O que achou do filme? Me conta tudo nos comentários!

Não esqueça de se inscrever no canal para acompanhar os novos vídeos.

YoutubeTwitterFacebookInstagramSkoobGoodreads

maio 08, 2015 Falando de Filmes

Song of the Sea


Se existe um tipo de filme que sou apaixonada é animação. E, ultimamente, os produtores e diretores estão criando cada história mais linda que a outra com conceitos e artes incríveis, de se encantar com cada cena mesmo! E com Song of the Sea, que foi indicado ao Oscar, não foi diferente.

O filme conta a história de Ben, um menino que acreditava que teria um irmãozinho e no dia que o bebê nasce, a mãe o abandona. Na verdade, o irmãozinho que ele acreditava que seria seu melhor amigo é uma menina, Saoirse, e eles não se dão tão bem quanto o esperado. No dia do aniversário de 6 anos de Saoirse, quando a avó acreditava que ela já estava dormindo, a menina se vê atraída pela concha que foi dada para o irmão pela mãe e algumas luzes a conduz para o mar, onde algumas focas a estão aguardando. O que não esperávamos é que ela poderia se transformar em foca.

Por trás de sua transformação, existe algo muito maior e que precisa que os poderes místicos de Saoirse sejam liberados para salvar outros seres. Mas ninguém faz ideia disso! E depois que os irmãos são obrigados a ir para a casa da avó, a aventura começa e a história começa a tomar um novo rumo.

Song of the Sea

A história é baseada em diversas lendas. A principal delas é das selkies, uma lenda irlandesa e escocesa, que diz que essas criaturas mitológicas vivem como focas, mas transformam-se em humanos quando estão na terra. Um livro que se baseia nessa mesma lenda é o Garota Tempestade e que também mistura diversas lendas. Uma outra figura abordada no filme é a de Manannan Mac Lir, também da mitologia irlandesa, um gigante que chorou um oceano inteiro de tanta tristeza e foi transformado em pedra por sua mãe.

Uma das coisas mais legais que vi nesse filme, apesar de ser simples, é que o nome da menininha é Saoirse, mas a pronúncia é quase igual seashore, que quer dizer costa ou litoral, tudo a ver com ela. E o nome da mãe das crianças é Bronagh, um nome irlandês, que quer dizer sofrimento, tristeza.

De uma forma geral, esse é um filme encantador em muitos sentidos. Apesar de ser simples, é envolvente e gostoso de ser assistido. Os traço da animação é tão sutil e fofo que a transforma em algo ainda mais belo. Os gestos dos personagens, os trejeitos, tudo foi muito bem desenvolvido e pensado.

Se você estiver procurando uma animação que foge do clichê, com uma pitada de aventura, drama e fofurice, Song of the Sea é o filme perfeito! Confesso que nos últimos minutos caíram algumas lágrimas.

março 27, 2015 Falando de Filmes

Insurgente: Livro ou Filme?


Assim que terminei de ler o segundo livro da série, Insurgente, fui correndo fazer um vídeo para dizer o que achei da história (clique aqui para ver). E, alguns dias depois, fui para o cinema conferir a adaptação e decidir se eu preferiria o livro ou o filme.

Quando o filme terminou, confesso que fiquei abismada com as grandes diferenças que existem entre um e outro, mas no final das contas, tive que decidir. Confira o vídeo e veja o que achei! E deixe aí nos comentários se vocês viram o filme e o que acharam. 🙂

YoutubeTwitterFacebookInstagramSkoobGoodreads

Páginas12

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por