Lucy Christopher Archives - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
agosto 25, 2012 Falando de Lucy Christopher // Promoção // Promoção Relâmpago // Stolen

Promoção Relâmpago: Stolen – Carta ao Meu Sequestrador


Bom, este mês é o mês de aniversário do blog! Um ano se passou, muita coisa foi acrescida em minhas leituras diárias, novos horizontes, conhecimentos… Além disso, fiz muitos novos amigos e essa é a parte que mais gosto. Gostaria de agradecer a todos e se eu não corresse o risco de esquecer nenhum nome, tenham certeza que enumeraria um por um. Obrigada por sempre serem carinhosos, por me darem mais gás para ser uma pesquisadora e leitora voraz, porque toda vez que vocês marcam presença aqui é como se me dessem um abraço. Portanto, sintam-se abraçados! Vocês são demais!

Mas vamos à parte boa: promoção! Sortearei um livro por semana durante quatro semanas, começando por esta. Espero que gostem.

a Rafflecopter giveaway

OBSERVAÇÕES

O sorteio será finalizado no dia 02/09 e o resultado sairá no mesmo dia.
É necessário que o ganhador responda o e-mail de contato que será enviado em até 72 horas, caso isso não ocorra, o sorteio será refeito.
Qualquer dúvida entre em contato por aqui.
agosto 09, 2012 Falando de Editora iD // Lucy Christopher // Raptada // Stolen

Resenha: Stolen | Lucy Christopher


.

Título: StolenAutor: Lucy ChristopherEditora: iD EditoraSkoob: Adicione!Compare preços: Saraiva | Submarino | TravessaClassificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Gemma é uma adolescente normal esperando para pegar um voo no aeroporto de Bangkok com seus pais. Ao se afastar, conhece o charmoso e envolvente Ty, e nem imagina quais são suas reais intenções. Ele lhe oferece um café em que coloca algum tipo de droga. Confusa, ela é sequestrada e arrastada para o meio do deserto australiano. Ele a rouba para si, depois de anos a observando, e ainda espera que ela o ame. Os dias se passam e eles têm apenas um ao outro na imensidão vazia e escaldante do deserto, e Gemma começa a entender e conhecer Ty. É aí que os limites entre inimizade e compaixão vão ficando cada vez mais tênues.
Stolen é um livro narrado em primeira, uma carta escrita da sequestrada para seu sequestrador, de Gemma para Ty. O pano de fundo é revelado logo de cara, mas como ele acontece e o motivo disso… Ah, isso é bem diferente!
Gemma, uma menina de 16 anos, está acompanhando seus pais em uma viagem e estão fazendo escala em Bangkok para pegar outro voo e seguir em frente. Mas por causa de uma discussão sobre a roupa que estava vestindo, Gemma decide se afastar dos pais. Assim, ela resolve tomar um café e ao comprá-lo, percebe que está sem dinheiro e um estranho de olhos azuis intensos a observa e acaba pagando sua bebida. Gemma acaba sendo envolvida pela conversa e pela beleza tão incomum daquele homem e acaba sendo drogada e levada para longe, é sequestrada.
Depois de algum tempo desacordada e sentindo as consequências da droga usada em sua bebida, Gemma acorda em um quarto, vê o mesmo homem que estava no aeroporto com ela e por não se lembrar o que havia acontecido, fica desesperada. O estranho se apresenta como Ty e Gemma tanta convencê-lo de todas as maneira a deixá-la ir para casa, mas o que ela não sabia era que eles estava num deserto no meio do nada, na Austrália. Ty nunca deixaria Gemma partir porque seu maior desejo é tê-la por perto, junto dele para sempre.

Segui seu olhar e avistei uma pequena abertura entre eles. Parecia uma trila.
– Quanto tempo você vai me manter aqui? – perguntei.
Você deu de ombros.
– Para sempre, é claro.

Stolen é um livro bizarro, mas ao mesmo tempo nos oferece uma montanha-russa de sentimentos. Num primeiro momento, assim que Gemma é sequestrada, odiei Ty, de verdade. Mas com o passar da história e com o tempo, assim como Gemma começa a mudar seu sentimento por ele, o meu também foi mudando, principalmente por causa das histórias de vida que ele contava, por tudo o que ele teve que passar para sobreviver e porque ele supostamente sabia sobre os pais de Gemma, é triste, digno de pena, mas de qualquer forma, Ty é um ser doente.
É uma história realmente difícil e como disse no Quote da Semana, é complicado até tentar se imaginar no lugar de Gemma. E a forma que a autora escreve fez com que nos sentíssemos realmente em um ambiente hostil, passando pelo que Gemma passou e nos envolvendo ainda mais com o sequestrador. Além disso, a riqueza dos detalhes apresentados é uma das melhores que já vi. A descrição do deserto é incrível, o local simplesmente era descrito e aparecia perfeitamente na mente.

O final do livro foi um pouco vago para mim e não muito bem definido, mas acredito, na verdade tenho uma certa certeza que isto aconteceu porque a própria narradora-personagem se sentia assim, ainda não definida, não sabendo o que realmente pensar ou fazer diante de tudo.

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por