Como Eu Era Antes de Você | Jojo Moyes - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
julho 09, 2013 Falando de Resenhas

Como Eu Era Antes de Você | Jojo Moyes


Como Eu Era Antes de Você

Título: Como Eu Era Antes de Você
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Skoob: Adicione!
Compre o livro: SUBMARINO | CULTURA | SARAIVA
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento.

Como Eu Era Antes de Você foi um dos livros que mais adiei terminar de ler. Não pelo livro não ter me agradado, pelo contrário, estava tão apaixonada pela trama que lia com certo receio de terminar rápido demais. Quando cheguei na última página, já não sabia se chorava ou se um lençol freático tinha surgido nos meus olhos. A história de Will e Lou é diferente, nos leva a refletir, mas ainda assim é emocionante e apaixonante.

Em 2009, Louisa Clark, uma mulher com 26 anos que ainda mora com os pais, perde o emprego no café onde trabalhou por seis anos. Por pertencer a uma família onde a renda de cada pessoa faz toda diferença, Lou, quando perde seu emprego, torna-se uma nova preocupação para os pais e principalmente para a irmã, que ganha pouco e tem um filho para criar. A esperança de sua família, apesar de ser a filha mais velha, é a irmã, Katrina, que estava na faculdade mas acabou engravidando e tendo que abrir mão do curso. E a falta de credibilidade e confiança que os pais demonstram quando Lou precisa procurar um novo emprego é visível, o que até mesmo a desanima um pouco. Por sorte, mas acreditando que seria a pior coisa do mundo e para limpar traseiro de velho, Lou encontra uma vaga na Agência de Empregos como cuidadora. Pronta para sua entrevista, encontra-se com Camilla Traynor e acaba descobrindo que não cuidaria do marido dela, mas sim do filho que havia sofrido um acidente há dois anos e era tetraplégico. Sua falta de habilidade e conhecimentos médicos não faz muita diferença para contratá-la, já que o objetivo da mãe de Will é apenas melhorar seu humor.

Will Traynor, assim que conhece Lou, se mostra um homem mau humorado e completamente insuportável. Convenhamos, estar numa cadeira de rodas deve ser bem difícil, mas para Will era a pior coisa do mundo. Ele é um homem com trinta e cinco anos, extremamente inteligente, mas antes do acidente, era ativo, tinha as mulheres mais lindas, praticava os esportes mais radicais possíveis e agora não podia nem ao menos beber água sozinho. Com as atitudes e palavras ásperas de Will, é necessário que Lou se mostre forte e aguente firme, já que sua maior motivação é o dinheiro e os pais, mais do que nunca, com o pai correndo o risco de ser mandado embora, precisavam muito.

Lou, com seu jeito, mesmo sem perceber, desarma e muda a forma de Will de agir com ela. Porém, quando os Traynor recebe a visita da filha, irmã de Will, Louisa acaba descobrindo algo que preferia não ter descoberto: o maior desejo de Will é dar fim a própria vida. Os seis meses de contrato que ela cumpriria era apenas o prazo que Will havia dado para sua família. Dentro de alguns meses ele queria ir para a Dignitas, uma espécie de clínica para morte assistida, na Suíca. A partir de então, Lou abraça para si uma missão, a missão de mudar a mente de Will, mostrar para ele que vale a pena viver, que não é o fim do mundo estar numa cadeira de rodas. Será que ela consegue?

– Seis meses, George. Ele prometeu me dar mais seis meses. Não quero que você toque mais nesse assunto, muito menos na frente de outra pessoa. E temos… – Ela respirou fundo. – Temos de rezar muito para que, nesses seis meses, aconteça algo que o faça mudar de ideia.

Jojo Moyes é simplesmente incrível! Ela não só criou uma trama emocionante e envolvente como o fez de maneira sutil, mas mostrando todos os defeitos que cada personagem tem, suas qualidades e, em alguns momentos, mostrando a face que não conseguíamos ver através da perspectiva de Lou. Todo livro é narrado pela voz de Louisa, mas a autora criou quatro capítulos para outras vozes, onde Camilla, a mãe de Will, Nathan, o enfermeiro, Steven, pai de Will, e Katrina, irmã de Lou, poderiam expressar para o leitor exatamente o que pensa e espera. Moyes não criou personagens perfeitos, com famílias perfeitas, mas criou uma linda história que faz o leitor refletir e se emocionar.

Louisa, apesar de não ser uma adolescente, não sabe exatamente o que quer da vida, na verdade nunca parou para pensar nisso. Mas, por incrível que pareça, ela tem um motivo para isso acontecer. Will, por sua vez, apesar de estar “preso” numa cadeira de rodas, incentiva sua cuidadora a ver novos lugares, ter uma nova perspectiva da vida, já que reconhece nela uma mulher inteligente e com um futuro brilhante pela frente. Com o incentivo de Will, Lou começa a mudar e ela percebe isso, começa a ver que está mudando não só ela, mas Will também, o que dá ainda mais gás para ter um bom plano para mudar o pensamento de seu patrão, deixá-lo feliz e vê-lo viver.

Eu tinha vinte e seis anos e não sabia muito bem quem era. Até perder o emprego, não tinha sequer pensado nisso. Achava que provavelmente iria me casar com Patrick, teria filhos e moraria a algumas ruas de onde sempre morei. Exceto pelo gosto por roupas exóticas e pelo fato de ser um pouco baixa, não sou muito diferente de qualquer pessoa co que se possa cruzar na rua. Provavelmente, ninguém não olharia para mim duas vezes. Uma garota comum, levando uma vida comum. Para mim, estava ótimo desse jeito.

Como Eu Era Antes de Você é uma história linda e incrível, especial. Will e Lou são dois personagens que é possível relembrar com satisfação e ver como alguém positivo pode deixar outra pessoa feliz com simples gestos e palavras. Às vezes as pessoas não precisam de um ato de pena, mas algo que as faça sentir-se como qualquer outra pessoa. Esse é um livro que tem drama e comédia na medida certa, assuntos atuais e importantes sendo tratados com uma palpável realidade.



Deixe o seu comentário

22 Respostas para "Como Eu Era Antes de Você | Jojo Moyes"

Laura Truan - 09 julho 2013 às 21:50

Estou com ele aqui mas venho adiando começar…
Mas depois dessa resenha me animei, começando agora!
=*

Responder

Mirelle - 10 julho 2013 às 02:11

Então você leu!! Eba. Esse é um livro que acho que deve ser lido por todos os leitores do mundo. Foi um dos mais lindos que li. E como chorei! Nossa.. Só de ler sua resenha já me emociono de novo e sinto uma falta enorme da Lou e do Will. Me identifiquei demais com os personagens, torci demais por eles e rezei muito para que a Jojo mudasse a história no último minuto, mas sabia que isso não era possível.. sem mais palavras. Leiam!

Beijos, Mi

http://www.recantodami.com

Responder

Ludmila - 10 julho 2013 às 20:46

Também estou com ele aqui , no plastico até !

e nada.. kkkkk

mas vamos com tudo agora…

Ótimo Thais!

Responder

Thaís Lemos Cavalcante - 10 julho 2013 às 20:48

@Ludmila Ain, Lud! Espero que você goste. Foi a mesma sensação que senti ao ler ACEDE e a quantidade de lágrimas muito parecida! 😛

Responder

Thaís Lemos Cavalcante - 10 julho 2013 às 20:55

@Laura Truan Hey, Laurinha! <3 Espero muuuuito que você goste! Senti algo bem parecido com ACEDE e, como falei para a Lud, a quantidade de lágrimas muito parecida! hahahaha

Responder

Cristina Albergaria Nakashima - 10 julho 2013 às 21:27

Tenho mas ainda não li. Na verdade comprei esse livro pelo título e pela capa (sou viciada em livros então pra mim isso é motivo suficiente para comprar um). Linkei pelo twitter para sua resenha e pelo que li a história deve ser bonita mas achei bem parecida como livro “Desperte comigo” de Linda Howard. O Blake do livro dela é igualzinho ao Will. Vou ler “Como Eu Era Antes de Você” de qualquer forma mas fiquei impressionada com a semelhança.

Responder

Lucas - Descobrindo Livros - 10 julho 2013 às 21:57

Oi, Thais!
Eu senti o mesmo que você, porque esse livro é lindo, Jojo é uma diva. Escrito da qualidade. Eu senti o mesmo que você, sinto falta da Lou e Will até hoje. Creio que eles sim são duas metades de uma laranja rsrsrs Eles se completaram, e eu amei isso.
Muito boa sua resenha, como sempre.
Beijos
Descobrindolivros.blogspot.com.br

Responder

Alessandra Tapias - 11 julho 2013 às 06:58

Linda e apaixonada resenha!
Eu comprei este livro esses dias, não vejo a hora de mergulhar nesta história.
Cada vez que leio uma resenha emocionante dessa eu quase choro, imagina quando ler o livro?!!

Obrigada por compartilhar essa beleza e paixão!

Bjkas

Lelê Tapias
http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Responder

Vanessa Sueroz - 11 julho 2013 às 07:15

Olá,
eu já tinha visto esse livro, mas nunca tinha me interessado, agora que li sua resenha o livro parece ser bem legal. Já estou add ele na minha lista 😀

bjos

http://blog.vanessasueroz.com.br

Responder

Marcelle Dantas - 11 julho 2013 às 08:21

Oi Thaís!

Essa história parece ser linda e muito envolvente mesmo. Tenho esse livro para ler, assim que tiver a oportunidade, é o que vou fazer. Fiquei encantada com a história, com os rumos que ela deve tomar, segundo a sua resenha, que ficou muito boa!

Beijos,

http://www.bestherapy.net

Responder

Maysa - 11 julho 2013 às 10:56

Oii Thais,
obrigada pelo comentário no blog.
Eu AMEI o seu, muito lindo *——-*
Sempre ouço maravilhas sobre esse livro mesmo nas resenhas em inglês. E apesar de a fila na estante ser enorme eu vou tentar dar uma lida nesse assim que comprar.

Responder

Raquel Moritz - 11 julho 2013 às 11:12

Aaaai, eu to com esse livro pra ler ainda. Acho a capa tão linda e já li alguns trechinhos ♥ Mas eu to soterrada com outros livros, ahahhahaa.

O tom do livro me lembrou um pouco Um Dia. Estou certa?

Beijo!

Raquel
http://www.pipocamusical.com.br

Responder

Thaynara Paiva - 11 julho 2013 às 12:42

Confesso que nunca tinha ouvido falar desse livro, mas gostei e quero ler agora.

xoxo, Thaaay
http://www.chovendoalgodaodoce.com

Responder

Luara Cardoso - 11 julho 2013 às 14:53

Ah, esse livro parece ser TÃO amor. Daqueles que acabam com você. Eu só tenho certeza de uma coisa: quando eu for ler, sie que vou chorar horrores. HAHAHAHHA É, essa sou eu. 🙂

Um beijo,
Luara – Estante Vertical

Responder

Melissa Padilha - 11 julho 2013 às 15:14

Nossa Thais ! Tenho esse livro aqui não sabia quase nada sobre ele, não imaginava que era tão bom! Vou colocar na fila de leituras !
bjos

Melissa Padilha
De Coisas por Aí

Responder

Brunna Carolinne - 11 julho 2013 às 15:53

Eu sinceramente não sei o que está acontecendo comigo! Já li várias resenhas que falam o mesmo que a sua diz (que se apaixonaram pela trama, que ela é incrível e envolvente…), mas eu ainda não senti AQUELA vontade de ler esse livro. Já até estou com ele aqui para ler, mas não tive coragem de pegar, porque simplesmente acho que não estou no tempo para essa leitura, então vou esperar (:

Brunna Carolinne – My Favorite Book – @MFBook
myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

Responder

Thaís Lemos Cavalcante - 11 julho 2013 às 16:37

@Brunna Carolinne Ah, Brunna, acho que é normal isso acontecer… Isso acontece comigo com alguns livros e a melhor opção é esperar um pouquinho para o momento chegar. Você está certíssima!
Mas assim que lê-lo, espero que goste muito de Will e Lou! =*

Responder

Thaís Lemos Cavalcante - 11 julho 2013 às 16:38

@Luara Cardoso Chorei LITROS, Luara. Sério! <3

Responder

Thaís Lemos Cavalcante - 11 julho 2013 às 16:40

@Alessandra Tapias Ain, Ale! Espero que você goste desse livro tanto quanto eu! Chorei rios, oceanos… TUDO! Depois me diga o que achou! <3

Responder

Marco Antonio - 15 julho 2013 às 14:24

Boa tarde Thaís,

LI boas resenhas desse livro e a sua não é diferente….vai para a minha lista….abraços.

devoradordeletras.blogspot.com.br

Responder

Alessandra Tapias - 15 julho 2013 às 20:33

AAAHHH!!!! Que delícia de resenha! Eu comprei este livro esses diaas, não vejo a hora de ler.
Sei que vou chorar horrores!! Sei que vou sofrer, mas quero muito!!

bjkas

Lelê
http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Responder

ELAYNNE - 06 agosto 2013 às 08:45

Chorei muuuuuuito. meu deus comecei ler o livro numa quinta feira indo pro serviço. no sabado e domingo passei o dia lendo, terminei o livro em 4 dias meu record KKKKKKKKKK. lindo lindo will e lou são apaixonantes, acabo se tornando meu livro predileto. obs: fiquei sabendo do livro pelo blog, nem li a resenha apenas vi a capa e tipo que me apaixonei, e claro me apaixonei mais ainda quando começei a ler, simplesmente maravilhoso!

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por