O Futuro de Nós Dois | Jay Asher e Carolyn Mackler - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
junho 04, 2013 Falando de Resenhas

O Futuro de Nós Dois | Jay Asher e Carolyn Mackler


Resenha O Futuro de Nós Dois

Título: O Futuro de Nós Dois
Autor: Jay Asher e Carolyn Mackler
Editora: Galera Record
Skoob: Adicione!
Compre o livro: SARAIVA | SUBMARINO | CULTURA
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no Facebook, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir…

Com um toque de nostalgia, O Futuro de Nós Dois nos remete aos gloriosos e mais simples anos 90. Lembra quando demos nossos primeiros passos na internet, tendo como trilha sonora o barulho da internet discada? Ou até mesmo ter a oportunidade de gravar uma fita, usar um discman e gravar nosso programa preferido no videocassete? Prepare-se para voltar no tempo e ver o futuro e as redes sociais de uma forma diferente com Josh e Emma.

Em 1996, quando poucos tinham o privilégio de ter um computador, Emma ganha um de seu pai, que se mudara recentemente e estava começando uma vida nova com a nova esposa e a filha recém nascida. Ela acreditava que todos os presentes que ganhava do pai, desde a separação, significava um pedido de desculpas e com o computador não foi muito diferente. Apesar desse pensamento, Emma não é uma menina de 16 anos mimada, ela apenas sofre com as mudanças que ela não gostaria que tivessem ocorrido com a separação dois pais. Por exemplo, depois de separados, sua mãe já estava no segundo casamento, com caras que ela não simpatizava muito.

A perspectiva das coisas começam a mudar quando Josh, seu vizinho e melhor amigo, que naquele momento ainda estava afastado um pouco de Emma, por causa do que acontecera seis meses antes, leva um CD da AOL com 100 horas. A primeira coisa que Emma faz ao receber o CD é conectar-se e criar uma conta de e-mail, mas o que ela não imaginava era que ia conhecer o Facebook e veria seu próprio perfil dali a 15 anos. Imagine, exatamente em 1996, quando estávamos apenas engatinhando no universo on-line e se deparar com o Facebook? Seria extremamente estranho ver uma página onde as pessoas publicam amenidades e é exatamente isso que acontece com Emma e Josh.

– Eu estava pensando que a gente devia usar uma palavra-código para ele, para as pessoas não saberem do que a gente está falando.
– Que tal “Facebook”? – respondo, olhando para o motor. – Ninguém nunca ouviu falar disso.

Ambos acabam achando que é uma pegadinha por ter uma foto de Emma mais velha dizendo que é casada e agora mora na Flórida, mas que estudou exatamente na mesma escola em que está, Lake Forest High School, e que se formou no mesmo ano que Emma se formaria. Já com Josh o futuro é um pouco diferente e inacreditável, já que dali há 15 anos, como diz o tal Facebook, estaria casado com Sydney Mills, a menina mais linda, rica e cobiçada da escola, e teria três filhos. Mas a maior evidência para eles de que tudo isso não era uma simples pegadinha era uma foto que Josh havia tirado de Emma, mas que nem havia sido revelada.

Josh sem dúvidas está totalmente de acordo com seu futuro, já que terá uma esposa e filhos lindos, com o emprego dos seus sonhos. Mas para Emma a coisa não é exatamente assim, já que percebe que seu futuro marido, Jordan Jones Jr., não é exatamente aquilo que ela sonhara e pelas atualizações que tem postado, ela não é feliz. Portanto, Emma decide mudar seu próprio futuro e assim, corre o risco de mudar o futuro lindo e perfeito de Josh.

Emma e Josh são amigos que se conhecem muito bem. Ela sabe exatamente do que ele gosta e vice-versa. Eles era grudados, mas, como disse, seis meses antes, Josh confundiu as coisas e acabou dando um tempo para a amizade deles. E uma das coisas mais legais do livro é que cada capítulo é contado da visão de cada um deles, sendo intercalados, assim podemos ver o que cada um sente em relação ao outro, a visão da história e acontecimentos.

– Sempre achei que viagem no tempo devia ser uma coisa tão grandiosa que mudaria a vida da gente – observa ela. – Como Uma dobra no tempo ou De volta para o futuro. Mas, aqui, a maior parte das pessoas só se importa com fotos de férias sem graça e com coisas triviais.

O livro tem sacadas incríveis sobre o futuro e o passado, coisas relacionadas a música e até mesmo a guerras, os autores se empenharam de verdade para trazer esses elementos. A nostalgia, como disse no início, para mim estava presente em cada página, não pelos simples fatos de ser 1996, mas porque O Futuro de Nós Dois me fez refletir e cheguei à conclusão de que pensamos muito no futuro. Não que não devamos fazer isso, mas é bom viver um dia de cada vez com aquilo que temos em nossas mãos. Um exemplo visível disso, é que depois que Emma conhece o Facebook e percebe que o que ela faz agora pode resultar em uma mudança bem grande no futuro, ela fica neurótica e completamente dependente daquela ferramenta, sem perceber o que a rodeava e o que ela poderia realmente aproveitar.

Esse é um livro leve e gostoso de ser lido, sem precisar se preocupar com nada e você nem sente o final chegar. Vou sentir saudade de Emma e Josh e da viagem ao passado que fiz com eles e ao futuro que eles fizeram comigo.



Deixe o seu comentário

24 Respostas para "O Futuro de Nós Dois | Jay Asher e Carolyn Mackler"

Gabriel Ribeiro Gomes - 04 junho 2013 às 18:18

Oie 🙂

Nossa sua resenha ficou ótima parabéns, estou louco nesse livro acho que ele é aquele tipo de livro que te fisga nas primeiras páginas e não te liberta até o término da leitura kkkk, beijos !!

http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D)

Responder

Carol Della Torre - 04 junho 2013 às 23:31

Oi Thaís, gostei do livro, mas ao mesmo tempo me decepcionei um pouco, esperava mais da estória, ainda acho que essa premissa poderia render muito mais coisas interessantes. Gostei de ver o seu ponto de vista, beijos.

http://rehabliteraria.blogspot.com.br/

Responder

Dreeh Leal - 05 junho 2013 às 10:03

A cada resenha qeu eu leio, mais eu me apaixono por esse livro.
Sua resenha ficou muito boa, E me instigou mais ainda por isso da nostalgia.. eu ainda nao tinha parado pra pensar nisso rs
Espero ler em breve!

Livros e tudo o que há de bom

Responder

Andressa - 05 junho 2013 às 15:26

Gente, não sabia que o livro era tão incrível. Só sabia da história por cima, fiquei super afim de ler depois dessa resenha. Acho que vou passar ele na frente de alguns livros rs. Quando falavam sobre ele imaginava que o futuro que ela via era de estar casada com o Josh haha agora entendi melhor o enredo. Muito criativo, amei. E nem lembra de internet discada, pior sensação do mundo é ver se a internet vai entrar >.< rs

http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

Responder

Irinia Zachello - 05 junho 2013 às 18:22

Adorei esse livro, vc escreve muito bem!

Nunca tinha visto ele, mas parece prometer!

Beijos Adorei seu blog querida!

Livros… Quero ler sempre

Responder

Andressa Menezes - 05 junho 2013 às 19:24

Oiee adorei a resenha e já tinha lido outras que me deixaram com vontade de ler o livro também… ja adiconei na minha lista de desejados

Responder

Mirelle - 07 junho 2013 às 01:25

Estou louca para ler esse livro, adorei a premissa. É bizarro como não sabemos viver o presente e como ficamos sempre atrelados e viciados em coisas que no fim tornam nossas vidas ainda mais artificiais. Eu mesma sou uma viciada em facebook e tudo associado à internet e computador, mas até que ponto deixo de viver a minha vida, me socializar com pessoas de verdade, passear, viajar, conhecer novas coisas por causa disso? É preocupante. Depois que a tecnologia se enraizou nas nossas vidas, se tornou impossível viver sem ela. Tenho certeza de que também vou ficar bem nostálgica ao ler o livro relembrando o passado como se tivesse sido em uma outra encarnação.. kkk Beijos, Mi

http://www.recantodami.com

Responder

Marco Antonio - 07 junho 2013 às 09:14

Bom dia Thaís,

Esse livro esta na minha lista de desejados…gostei da sinopse e da capa e sua resenha me deixou curioso…parabéns…abçs.

http://devoradordeletras.blogspot.com.br

Responder

Raquel Moritz - 07 junho 2013 às 09:56

Ooooi!

Poxa, gostei muito da sua resenha. Fiquei interessada nesse livro principalmente pela proposta diferenciada dele. Quando leio distopias em que um computador é algo nunca visto, nunca nem imaginado, fico pensando como realmente seria. Estou louca pra ler *-*

Beijo!

Raquel Moritz
http://www.pipocamusical.com.br

Responder

Jéssica Almeida - 07 junho 2013 às 10:07

Eu estou louca pra ler esse livro, é isso.
Assim que eu li a primeira resenha, fiquei enlouquecida com ele e falei pro meu namorado: eu preciso desse livro! Adorei a sua resenha, me deixou ainda mais curiosa (e ansiosa) para devorar as páginas dele que nem eu fiz com A Culpa é das Estrelas lol

Beeijo

http://estoriasdacarter.blogspot.com.br/

Responder

Renata - 07 junho 2013 às 19:20

Tanta gente falando tão bem desse livro, daí lógico que a minha vontade de ler esse livro cresce cada vez mais.
Parece ser tããão legal! *___*

Beijos,
Resenhando Books

Responder

Tämara Moya - 08 junho 2013 às 10:23

Oi Thais
Primeiramente gostaria de dizer q adoro seu blog e seu canal. Acompanho sempre!
Adorei a sinopse do livro. A narrativa me pareceu ser leve e divertida. A leitura parece fluir com muita suavidade. Os personagens são ótimos.
Estã na minha lista de leitura. Acredito que seja uma leitura recomendada para leitores de todas as gerações. E para aqueles que tem seus quase 30 ou um pouquinho mais (como é meu caso)devem se prepar para uma verdadeira viagem no tempo, com várias referências a músicas, filmes e objetos marcantes naquela época. Uma delícia de leitura!
Bjus flor

Responder

Larissa Oliveira - 08 junho 2013 às 15:15

Muito boa resenha!
Me interessei por esse livro antes mesmo de ter lido “Os 13 Porquês” – outro livro que eu estava louca pra ler. Depois que eu li virei fã do Jay Asher e a minha vontade de ter O Futuro de Nós Dois só aumentou. Fico feliz em saber que ele tá sendo muito bem falado nos blogs de livros <3

Responder

Vanessa Riper - 08 junho 2013 às 16:13

Olá!
Achei a história bem nostálgica! Realmente como não lembrar do barulho da internet discada? e também da raiva que dava por causa da lentidão! haha!
Gostei bastante de como se desenrola a história, e por eles verem seu futuro estampado no facebook! que é algo que faz parte da nossa realidade! Então resumindo o livro traz um misto de passado e presente, que fizeram e fazem parte do nosso dia-a-dia, despertou minha curiosidade para lê-lo!
Beijos!

Responder

Rodrigo Lessa - 09 junho 2013 às 19:23

Gostei muito da resenha e do assunto abordado por esse livro. Tenho um livro do Jay Asher, não terminei ainda, não estou gostando, mas espero que o livro melhore. Espero que ESSE livro novo dele seja melhor do que o de antes e que tenha uma narrativa melhor. Gostei do assunto sobre amor x face e tudo mais. Adorei mesmo, espero ler e suprir minhas expectativas.

Responder

Filha do Rei - 10 junho 2013 às 11:51

Liiiindo! Já quero na minha prateleira! 🙂

Dani

Responder

Larissa Mirandah - 11 junho 2013 às 21:59

Eu fiquei apaixonada pela premissa desse livro, no começo não li sinopse, nem resenhas, eu queria comprar o livro e queria ser surpreendida, mas não consegui, precisava ler alguma resenha sobre ele, e acabei me surpreendendo mais ainda por ele me chamar tanto a atenção. Adorei a resenha, você me fez perceber o quanto eu penso no meu futuro, acho que isso é normal mesmo, porém, as vezes fazemos isso sem pensar, imaginamos toda nossa vida, quais decisões tomaremos, as escolhas que nos definirão, os obstáculos, as vitórias, a faculdade que você vai escolher, acredito que pensamos tanto nisso tudo que não vemos o presente passar tão rápido diante de nossos olhos. Fiquei imaginando como seria encontrar o meu futuro por acaso em uma rede social, acho que eu ficaria curiosa e ao mesmo tempo entraria em pânico. Adorei a resenha Thaís, você escreve maravilhosamente bem, parabéns! Acho que vou dar uma chance ao livro, principalmente porque também foi escrito pelo Jay Asher, autor do livro Os 13 Porquês, que me deixou pasma, em choque e com certo receio da realidade, mas ele escreve muito bem, merece uma chance!
Beijos, me apaixonei pelo blog, seu trabalho é incrível!

Responder

Cristiane de oliveira - 12 junho 2013 às 13:03

Eu nessa época do livro achava que computador era uma grande besteira e hoje nem consigo viver sem, ainda lembro desse tipo de computador e celular que só os vizinhos tinham.
Gostei muito dessa história, quem não queria mudar o passado se pudesse ou o futuro no caso dela, vou gostar muito dessa leitura.

Responder

mariana vanessa - 13 junho 2013 às 20:33

Tem como se apaixonar perdidamente por um livro sem antes ter lido ele ? É exatamente isso que estou sentindo em relação a esse livro. Eu já conhecia ele antes, mas nunca tinha ficado com taanta vontade de lê-lo, acho que porque a sinopse no skoob não ajudou muito, mas a sua resenha, uau, eu necessito agora desse livro ! Fiquei pensando na reação que a Emma e o Josh tiveram. Imagina que louco, você achar uma rede social sua do futuro ? o bom é que poderia saber o que vai acontecer se fizer isso ou aquilo, evitaria muita coisa k quantas coisas a gente não faz e depois se arrepende .. E concordo com o que você disse sobre pensar muito no futuro. Estou no meu 3º ano e o que eu só faço agora é pensar nisso, qual faculdade, se eu não passar, se eu passar, as amizades que vou deixar pra trás, quem vai continuar comigo, ufa, perco a paz com certos pesamentos as vezes kk Logo eu que morro por antecipação kk Parabéns pela resenha ! e sinceramente, não sei se te mato ou te deixo viva, porque você me deixou a ponto de ir na saraiva e roubar esse livro ! k

Responder

Shadai Vieira - 20 junho 2013 às 16:25

Adorei a resenha pois me deu ainda mais vontade de ler esse livro que tem uma premissa nostálgica ótima. Lembro como se fosse ontem dos bons anos 90 e de todo o começo da internet e o quão diferente era a vida naquela época sem facebook e mp3. Espero ler e gostar muito dessa história – torcendo para não ter muito romance.

Responder

Bel Vicentin - 21 junho 2013 às 22:09

Ainda lembro do computador barulhento, da internet discada, de falarem do AOL e de tudo o que fez parte dos anos 90 (ai que velhice precoce, hahahahaha). Sou doida pra ler esse livro e pretendo inclui-lo na minha próxima lista de compras. E sua resenha, Thá, contribuiu ainda mais pra isso. A sacada dos autores em fazer uma coisa dessas foi genial, apenas. Imagino a reação da Emma ao ver o Facebook (se eu já fiquei pasma quando mudei do Orkut pra ele, imagine uma pessoa que usa o AOL! hahahaha).

Beeijos
Bel

Responder

Vanessa Llona - 22 junho 2013 às 18:09

Acho que não tem como não ler essa resenha e ficar imaginando como seria se fosse eu ao abrir meu computador me deparar com o futuro! A principio não tinha me interessado por esse livro mais depois de ler tantas resenhas positivas e ver como o enredo é interessante não tem como não querer ler. Acho que o final deve ser previsível mas mesmo assim quero ler.

Responder

Regilene Dias - 29 junho 2013 às 22:07

Eu já li algumas resenhas em relação a este livro e achei o tema muito interessante.
O que me faz pensar neste assunto é como a comunicação vem evoluindo.Um meio estilo De Volta para o Futuro.

Responder

Bianca Remohi - 30 junho 2013 às 23:45

Eu sou louca por esse livro *_*

A capa me lembrou de começo o livro “Nick e Norah” ahaduhad, porém é totalmente diferente, e muito mais legal pelo o que eu vi. Pura nostalgia, to imaginando eu lendo e lembrando de minha infância onde passava nervoso com a internet discada dahudhaudah, e meus pais dizendo que eu só podia ficar uma hora por ia pq era caro hahahaha
É um pouco fora do comum, e mexe muito com a realidade ao mesmo tempo, o que despertou por demais o meu interesse! (adoro coisas foras do comum :p)

Muito boa resenha linda!!!

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por