Quote da Semana - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
janeiro 08, 2013 Falando de Quote // Quote da Semana

Quote da Semana


Hoje o Quote da Semana será um pouco diferente. Eu, assim como a maioria das pessoas, acabei traçando algumas metas para 2013 e três delas estão relacionadas às minhas leituras, que são: ler, pelo menos, dois livros ao mesmo tempo, ler mais livros em inglês e usar mais meu Kindle. Por isso, acredito que a partir de hoje meus quotes serão um pouco diferentes, mas espero que gostem.

What about little microphones? What if everyone swallowed them, and they played the sounds of our hearts through little speakers, which could be in the pouches of our overalls? When you skateboarded down the street at night you could hear everyone’s heartbeat, and they could hear yours, sort of like sonar. One weird thing is, I wonder if everyone’s hearts would start to beat at the same time, like how women who live together have their menstrual periods at the same time, which I know about, but don’t really want to know about. That would be so weird, except that the place in the hospital where babies are born would sound like a crystal chandelier in a houseboat, because the babies wouldn’t have had time to match up their heartbeats yet. And at the finish line at the end of the New York City Marathon it would sound like war.

Esse quote foi um dos que tive que marcar no livro ou melhor, no Kindle! Em “Extremamente Alto e Incrivelmente Perto”, título traduzido, conhecemos Oskar Schell, um rapazinho de apenas 9 anos que tem o comportamento bem diferente das crianças de sua idade. É inevitável não se apaixonar por ele! Suas teorias e pensamentos, construídos em um livro não linear, fazem com que pensemos de outra forma. Além disso, sua história é bem marcante. Em breve a resenha estará aqui para vocês.

Um vez reclamei com o seu Peixoto, ele disse que lavava as mãos, que o sistema era aquele, o Anatólio é que fazia as honras da casa, tinha direitos, “Não fosse ele a abordar os clientes”, não tinha dinheiro nem pra me pagar. Então, comecei a prestar atenção no que ele falava e, orelha em pé, dediquei a aprender a conquistar a gringalhada, estumando a ciumeira do ucraniano, porque, não é pra me gabar não, mas em dois tempos eu já encostava naqueles brancalhões e desatava o meu inglês, Rei ser, Rei mádam, Ria chípe fude, gude fude, uaine, fiche, mite, têm-quíu (obrigado, dona Gilda, minha professora no curso noturna da Escola Estadual Guido Marliére, inesquecíveis as aulas naquelas salas verônicas, onde a gente repetia as lições achando que nunca iam servir pra nada, e ali, agora, tão distante da pátria, eu entendia o esforço que a senhora fazia pra enfiar na cabeça daqueles imbecis a importância do verbo tubí e a pronunciação certa das letras do alfabeto: êi, bi, ci, di, i, efe, di, êidi, ai).

“Estive em Lisboa e Lembrei de Você” conta a história de Serginho, morador de Cataguases, da Taquara Preta, um homem como qualquer outro do interior, mas por causa das desilusões da vida acaba indo para Lisboa tentar a vida, arrumar emprego e juntar dinheiro para depois voltar. Eu, que nunca tinha lido nada de Ruffato, me encantei pela dinâmica que criou em sua prosa. Aguardem a resenha porque em muitos detalhes que merecem ser comentados.

O que vocês estão lendo? E o que acharam das resoluções que criei para este ano para as minhas leituras?



Deixe o seu comentário

8 Respostas para "Quote da Semana"

Giulia Ladislau - 08 janeiro 2013 às 18:13

Não dou conta de ler 2 ao mesmo tempo não. Fico muito ansiosa pra terminar um, não conseguiria administrar 2 curiosidades simultaneamente. =P
Boa sorte! 😉
Beijinhos!!!

Responder

João Victor - 08 janeiro 2013 às 22:59

Oi..

Tenho muita vontade de ler “Extremamente Alto e Incrivelmente Perto”. Já li críticas super positivas. E parece ser bom também 🙂

João Victor, Amigo do Livro
http://amigodolivro.blogspot.com.br/

Responder

Alice Aguiar - 09 janeiro 2013 às 01:19

^^ adorei

Responder

Gabriela Orlandin - 09 janeiro 2013 às 08:21

Eu sou muito curiosa pra ler “Extremamente Alto e Incrivelmente Perto”, porque ouvi comentários ótimos. Vou esperar a tua resenha 🙂
E eu até já pensei em comprar um Kindle, mas adoro tanto cheirar e tocar as folhas de um livro que acho que não vou me adaptar – no momento.
Beijão!

Responder

Babi Lorentz - 09 janeiro 2013 às 09:31

Sou doida pra ler Extremamente Alto e Incrivelmente Perto. O filme é ótimo, então tenho a certeza de que o livro é beeem melhor.

Responder

Lorena Alencar - 09 janeiro 2013 às 10:14

HEY! Thais muito obrigada por seguir meu blog (http://mywonderfulbooks.blogspot.com.br/), vc não sabe a ajuda que vc está me dando… já estou te seguindo também… MARAVILHOSO SEU BLOG!!!!
(OBS.: como vc conseguiu esse template?? é tão lindo e eu estou atrás de um que seja bonito assim também… me responde se vc souber de algum site para fazer download ou personalizar… algo do tipo, tá??)
=^_^=

Responder

Julia G - 09 janeiro 2013 às 13:59

Oi Thaís, também tenho que ler mais livros em inglês, preciso melhorar meu vocabulário e não parar de exercitar o idioma, ainda mais agora que não faço mais cursinho.
Sou louca para ler o primeiro livro há tempos, e o segundo eu nunca tinha ouvido falar, mas fiquei curiosa. Espero a resenha para saber como é 😉

Beijos

Responder

Stefani Goulart - 11 janeiro 2013 às 10:57

Olá Thaís!
Nunca tinha ouvido falar nesses dois livros, os quotes são bem interessantes!
No momento estou relendo “Para sempre” – Os imortais vol.1.
Sobre suas resoluções, são bem interessantes! Eu estou fazendo cursinho de inglês, mas ainda não sei muita coisa e quero muito poder um dia ler livros em inglês!
Eu particularmente, gosto de le rum livro pro vez, não curto muito ler 2 ao mesmo tempo 🙁 hehe
Beeijos e adorei seu blog 😀
leitoraobsessiva.blogspot.com

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por