A Maldição do Tigre | Colleen Houck - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
janeiro 04, 2013 Falando de Resenhas

A Maldição do Tigre | Colleen Houck


Título: A Maldição do Tigre
Autor: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Skoob: Adicione!
Compre o livro: Clique aqui
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor? Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

No primeiro livro da série A Maldição do Tigre conhecemos Kelsey Hayes, uma menina que está prestes a completar dezoito anos e acabara de se formar no ensino médio. Por ter perdido seus pais recentemente, quando estava no primeiro ano do ensino médio, mantém-se fechada, não apenas para relacionamentos com outras pessoas, mas fechara seu coração até para expressar aquilo que sente. Mora com seus tutores, Michael e Sarah, e para conseguir pagar os gastos que teria na faculdade, decidiu procurar um emprego. Em sua busca, acabou achando uma vaga no Circo Maurizio por duas semanas para trabalhar na bilheteria, ajudando na limpeza e cuidando dos animais, de cães e um tigre. E é esse tigre, chamado Dhiren, que acaba encantando Kelsey numa estranha conexão.

Com a estranha ligação entre os dois, Kelsey acaba confiando no tigre como se fosse um bicho doméstico. Cria também um laço com o felino tornando-o seu confidente, lendo poemas diariamente e conversando com ele quando podia. Mas chegando quase no final do período que trabalharia no circo, Kelsey descobre que existe um homem, o Sr. Kadam, querendo comprar o tigre para levá-lo à uma reserva indiana. Entretanto, para isto, precisa de alguém acostumado com o tigre para acompanhá-lo durante a jornada e a pessoa escolhida é… o treinado de animais do circo, senhor Davis. Apesar de ser uma ótima oportunidade para ele, o treinador acaba recusando e indica Kelsey para ir em seu lugar.

Kelsey recebe um convite bastante inesperado, mas acaba aceitando ir para Índia e infelizmente o senhor Kadam não poderia acompanhá-la na viagem inteira e é aí que algo dá errado. Ao dirigir-se para a reserva, o motorista do caminhão em que estava com o tigre faz uma parada para Kelsey almoçar, mas ao retornar, percebe que o caminhão havia sumido e seu tigre estava aguardando junto da mochila que o senhor Kadam havia preparado para ela. Ao pegar a mochila, Dhiren acaba seguindo em direção à floresta e, sem muita escolha, Kelsey acaba seguindo-o. Mas o que ela não esperava era que ele, ao chegar numa cabana, se transformasse num homem deslumbrante.

Seus olhos eram o que mais me chamavam a atenção. Aqueles eram os olhos do meu tigre, o mesmo tom cobalto profundo.
Estendendo a mão, ele falou:
– Oi, Kelsey. Sou eu, Ren.

“A Maldição do Tigre” é um livro de tirar o fôlego que possui uma história linda, cheia de aventuras e mitologia indiana. Uma das coisas que mais me encantou foi a narrativa. A autora além de descrever minuciosamente diversos detalhes, valoriza o que é realmente importante para o desenvolvimento da história, o que torna a trama mais dinâmica. Acredito que isto possa ser algo incômodo para alguns leitores, mas para mim feito perfeito, na medida certa. E assim como Rick Riordan, Collen Houck conseguiu unir mitologia, romance e aventura de uma forma maravilhosa.

Os personagens possuem suas peculiaridades. Kelsey por ser bem nova e por ter perdido seus pais muito cedo, acaba se tornando uma menina muito insegura, mas seu caráter, de certa forma, acaba sendo moldado durante a viagem. Dhiren – ah! – é muito cheio de si e confiante, mas essas características também são reflexo do seu passado. O relacionamento que existe entre eles é lindo, mas não acontece do dia para noite, vai ganhando forma a cada página virada, a cada barreira ultrapassada. Além disso, é impossível não se apaixonar por Dhiren! Por diversos momentos acompanhei Kelsey ao perder o fôlego.

Existem detalhes que não posso revelar porque o melhor a ser feito é conhecer o rumo que a história tomará e os caminhos que nossos protagonistas devem seguir. Confesso que aceitar um homem transformando-se em tigre foi grandioso demais para mim no início, mas nada que um livro bem construído, com um desenvolvimento gostoso de acompanhar e um belo punhado de aventuras não resolva. Portanto se você gosta de romances sobrenaturais, esse é um livro e tanto.



Deixe o seu comentário

10 Respostas para "A Maldição do Tigre | Colleen Houck"

Melissa - 05 janeiro 2013 às 10:40

Olá !!
Desde a Bienal de São Paulo, onde vi esse livro pela 1º vez, a vontade de lê-lo só cresce. Tenho lido diversas resenhas positivas em relação a história e a escrita da autora. Com certeza está na lista de 2013
abraços
Melissa
http://decoisasporai.blogspot.com.br/

Responder

Shizu - 06 janeiro 2013 às 16:11

Acho que vou pedir esse livro para a arqueiro *A* faz um ano que eu vejo otimas resenhas sobre ele

http://himi-tsu.blogspot.com.br/

Responder

Marli Carmen - 06 janeiro 2013 às 16:57

Ai, eu ainda não li esse livro, nem nenhum da série…apesar de ler resenhas boas a respeito, ainda não me despertou o interesse…será que eu deveria dar uma chance? E assim tirar minhas próprias conclusões…
Beijos
http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

Responder

Bruna - 06 janeiro 2013 às 18:44

Já li este livro, achei bem legal
Gostei da sua resenha!
Beijos

cocacolaecupcake.blogspot.com.br

Responder

Ana Paula Medeiros - 06 janeiro 2013 às 21:39

Confesso que nunca senti vontade de ler esse livro. Mas de uns dois dias para cá estou pensando seriamente em incluí-lo em minha lista de leitura de 2013. Muito boa a sua resenha. Adorei seu blog, tem um belo visual.

Responder

Laura Truan - 07 janeiro 2013 às 06:12

Aiii eu tô louca pra ler essa serie!
Adorei a resenha…
Bjos

Responder

Gabriela Orlandin - 07 janeiro 2013 às 08:03

Eu adoro histórias que envolvem animais e pessoas, ou os dois em um corpo só, hehe. Faz algum tempo que quero ler essa série, pois todo mundo fala super bem dela, inclusive da narrativa, que você também citou. Já tô vendo que tem mais um nome pra adicionar na minha lista de paixões literárias: Dhiren. Hehe.
Beijos!

Responder

Giulia Ladislau - 07 janeiro 2013 às 17:01

Jura juradinho que é estilinho “o sapo que vira príncipe” ou “a fera que vira um lindo homem”? Não sabia! =O Agora fiquei curiosa pra saber a história do livro roxinho, que tem um dragão na capa!
Agora fiquei ainda mais curiosa pra ler (porque a capa já me atraía bastante, vamos combinar que ela é linda!). E ainda mais sendo uma recomendação sua… PRECISO!
Beijinhos!

Responder

Valsa de Maio - 15 janeiro 2013 às 01:27

Amei a história, quero muito ler, me apaixonei mesmo… já sei o que vi ser meu próximo desejo de consumo hehehe!!!

https://maywaltz.blogspot.com

Responder

Juliana Mendes - 16 janeiro 2013 às 09:03

Uau! Que resenha linda 🙂
Essa semana eu ia comprar o livro, mas fiquei com um pé atrás. Agora que li sua resenha, estou completamente arrependida rsrs
O que achei bem legal, foi que o autor fez uma história com um tema diferente e inovador. E depois de tantos elogios de sua parte, era de se esperar que “A Maldição do Tigre” estivesse como um dos primeiros na minha listinha de desejados rs
Adorei o Blog! ‘-‘

Beijos :*
salaodelivros.blogspot.com.br

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por