Resenha: Desaparecido para Sempre | Harlan Coben - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
abril 05, 2012 Falando de Editora Arqueiro // Harlan Coben // Resenha

Resenha: Desaparecido para Sempre | Harlan Coben


.

Título: Desaparecido para sempreAutor: Harlan CobenEditora: ArqueiroSkoob: Adicione!Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Will Klein, quando garoto, tinha um herói: seu irmão Ken. Eis que um dia, uma garota da vizinhança (ex-namorada de Will) é estuprada e brutalmente assassinada. E o pior: Ken é considerado o principal suspeito. Ken desaparece sem deixar pistas. Para aumentar ainda mais a tensão na vida de Will, sua namorada também desaparece. Além disso, alguém parece querer manter certos fatos sob sigilo a todo custo… O autor conduz o leitor às mais ardilosas viradas na trama. Um mistério que vai levá-lo as mais surpreendente desfecho; um suspense que mostra a busca pelo assassino, pela vítima, pela verdade.

Antes de tudo, preciso me declarar: estou apaixonada por Harlan Coben. Sim! Este é o segundo livro que leio deste autor e ele se mostrou ainda melhor em cada página que li.
Em “Desaparecido para Sempre“, ao invés de vermos Myron em mais uma missão inusitada, conhecemos Will Klein, um jovem rapaz, dono de uma organização filantrópica chamada Covenant House, lá crianças e adultos de rua são cuidados e amados, incondicionalmente e de verdade. Will está sempre ao lado de Squares, seu melhor amigo e tem sempre a ajuda de Sheila, sua namorada e voluntária na Covenant House.

Tudo parecia perfeito na vida de Will, mas de um dia para o outro tudo muda: sua mãe, Sunny, em seu leito de morte diz que Ken, irmão de Will, está vivo. Will não conseguia entender como seu irmão, que havia sido acusado de matar a mulher que um dia ele amara, Julie Miller, sua vizinha e ex-namorada, estivesse ainda vivo depois de 11 anos desaparecido. Para Will era quase impossível que isto fosse verdade, mas ficou intrigado com a verdade que sua mãe havia afirmado tal coisa e decidiu encontrar seu irmão.

Will, apesar de tudo, da dor da perda de sua mãe e a descoberta que tivera, ainda tinha Sheila, sua amada, a mulher que o fez sentir o homem mais sortudo do mundo e mais feliz também. Mas o destino não foi nada bondoso com ele em relação à Sheila também. Praticamente 2 dias após a morte de Sunny, Sheila desaparece e algum tempo depois e encontrada morta, com marcas de tortura e muita violência. O mundo de Will caiu. O que fazer? Para conseguir agarrar-se a algo e a continuar a viver, decidiu tentar encontrar o irmão à todo o custo e neste caminho, havia a dor da perda de Julie, que foi muito dolorosa para ambas famílias, tanto de Julie, quanto de Ken.

Ela agradeceu com uma expressão de dor e fechou a porta. Olhei para o lado direito do sofá, o lugar onde Sheila gostava de ficar sentada, lendo. Como isso podia estar acontecendo? Lembrei-me da frase: “É melhor ter amado e perdido do que nunca ter amado.” Fiquei pensando nisso. Mais ainda, perguntei-me o que seria pior: perder a mulher da minha vida ou descobrir que ela jamais me amou?”
Uma escolha e tanto.

Nosso protagonista se depara com diversas perguntas sem respostas, diversas mentiras e verdades. E buscando todas as respostas verdadeiras, ele encontra muitos acontecimentos e pessoas de seu passado, como o amedrontador Fantasma, o incrível e dedicado representante de turma McGuane e a irmã de Julie, Katy Miller.

Devo dizer que Harlan superou minhas expectativas em relação à esta trama. Foi suspense, emoção e reviravoltas do começo ao fim, quando digo ao fim é literalmente até a última página. Com sua escrita envolvente, consegue segurar o leitor em cada palavra. E assim como em “Alta Tensão“, tudo foi muito bem esclarecido, explicado e encaixou perfeitamente na história criada. E mais uma vez digo: estou apaixonada por Harlan Coben!

Em breve haverão mudanças aqui no blog e uma delas será a transferência do modelo clássico para o atual do Blogger e poderei melhorar muitas coisas. Espero que vocês curtam!



Deixe o seu comentário

16 Respostas para "Resenha: Desaparecido para Sempre | Harlan Coben"

Thaís Cavalcante - 05 abril 2012 às 00:29

Este comentário foi removido pelo autor.

Responder

Letícia Iauch - 05 abril 2012 às 12:10

Ei Thaís!

Meu Deus, só o resumo que você fez do livro já me deixou em choque! As histórias do Halan parecem mesmo ser arrebatadoras!
Agora estou ainda mais louca para ler um livro dele.
Muito boa a resenha ;D

Bjoos’
Lets
http://leiauch.blogspot.com.br/

Responder

Nana - 05 abril 2012 às 18:09

Hey
Não conhecia esse livro, mas parece ser um ótimo suspense

beijos e um ótimo feriado pra você
Feliz Páscoa
Nana – Obsession Valley

Responder

Miss Carbono - 05 abril 2012 às 22:27

Estou lendo “Alta tensão” – ainda no começo mas estou gostando bastante. Antes também li “Quando ela se foi” do autor e por isso é dificil para mim imaginar um livro do Harlan Coben sem Myron Bolitar huahauhaa mas fiquei curiosa para ler xD

teh mais

Responder

Ni, do Ninhada - 06 abril 2012 às 12:28

Pois então, este foi o primeiro livro do Coben que li, e é capaz de ser o último. Tudo bem, não serei tão dramática, mas é que sua narrativa e o livro em si não conseguiram me conquistar. ): Me sinto fora da casinha não gostando muito do Coben hahahahaha!
Beijos 🙂

Responder

Jacqueline Braga - 06 abril 2012 às 12:32

Eu tenho esse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler.
Pelo visto, Harlan nunca decepciona se tratando de mistério e suspense.
Bjos

Responder

Joicy Santos - 06 abril 2012 às 17:36

Nossa *0* que sinopse,hein?
Certeza que vou ler,amo livros com crimes misteriosos.

http://joicy-santos.blogspot.com.br

Responder

Bianca Sampaio - 06 abril 2012 às 18:32

Oi, Thaís!
Ainda não tive a oportunidade de ler nada do Harlan :/ Mas morro de vontade! Nem sei por qual livro começar haha.

Beijos,
Bianca – http://www.epilogosefinais.co.cc/

Responder

Gabi - 06 abril 2012 às 23:01

Gente, todo mundo está falando desse Harlan! Acredita que eu não li nada dele? Acho melhor eu começar rápido, mas espero que não seja nenhum Sparks da vida, porque apesar de todo mundo falar dos livros dele também, eu não sou lá muito fã não ;/

Mas se a gente não ler, não tem como saber, né?

beijitos
http://www.bookpetit.com

Responder

Angela Graziela - 07 abril 2012 às 00:28

Nunca li este livro e nada sobre o autor
Na verdade nem sabia de sua existencia, uam vergonha em tanto
Mas com essa resenha, acho que vou procurar algo sobre ele

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Responder

Rita Araújo - 07 abril 2012 às 10:09

Dei esse livro de presente para uma amiga há uns dois ano (salvo engano). A sinopse me fez parar na livraria e procurar por outros livros do autor, até então desconhecido. Então Thais, somos duas apaixonadas por Harlan. Quando comprei não conhecia ainda ao seu nome e não tinha nenhuma referência… Não li mais nada dele, mas sempre que vou à livraria acabo com algum livro dele nas mãos, me tentando. 🙂

http://gabipuppe.blogspot.com.br/

Responder

Gisela M. Bortoloso - 07 abril 2012 às 11:41

Nunca li nada deste autor, mas depois desta resenha sua acho que vou ler. Adoro este estilo de livros, que parece que prendem o leitor do início ao fim. Obrigado pela dica.
um abraço
Gisela – Ler para Divertir

Responder

Rachel Lima - 07 abril 2012 às 18:06

Nunca li nada dele, acredita? Às vezes estou empolgada com ele e outras, nem tanto. Nisto, o resultado é não ter lido nadinha nadinha. Mas todas as resenhas que vejo são positivas e isto me incentiva um bocado *o* Vai para a listinha <3 A resenha está ótima.
Beijones

Rachel Lima
http://corujando.org

Responder

Jéssica Lopes - 08 abril 2012 às 12:07

Olá!
Sempre que vou comentar sobre o Harlan ou todos os seus trabalhos, tenho que me conter pra não começar a falar e não parar mais hahaha. Enfim, adoro todos os trabalhos dele, e consegui acompanha-los já. Não tenho uma reclamação sequer para fazer de nenhum. ‘Desaparecido para sempre’ foi o segundo livro dele que li, e confesso que me impressionou demais. Ele consegue enganar o leitor direitinho, hehehe. Tenho o maior orgulho em falar que Harlan, para mim, é o melhor do suspense policial.

Beijos,
http://bestherapy.blogspot.com.br/

Responder

Bruna - 08 abril 2012 às 12:54

Nossa, deve se legal! Nunca li, mas me interessei :3

Feliz pascoa fofa ♥

Beijos,
bnascimentooo.tk

Responder

Tázio Silvetre - 08 abril 2012 às 13:47

Já vi resenhas muito boas para esse autor e seus livros. Estou louco para ler, mas ainda não tive oportunidade. Espero ler em breve.

-Tázio Silvestre
My World of Books
http://myworldofbook.blogspot.com.br

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por