Resenha e Sorteio: Filhos do Fim do Mundo | Fábio Barreto - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
março 30, 2013 Falando de Resenhas

Resenha e Sorteio: Filhos do Fim do Mundo | Fábio Barreto


Título: Filhos do Fim do Mundo
Autor: Fábio M. Barreto
Editora: Fantasy – Casa da Palavra
Skoob: Adicione!
Compre o livro: SUBMARINO | CULTURA | SARAIVA
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

É meia-noite quando a humanidade é surpreendida pela notícia: todas as crianças nascidas nos últimos 12 meses morreram misteriosamente. Descobrem também que plantas e filhotes também morreram. Um repórter responsável por cobrir os eventos preparativos para o fim do mundo, deixa sua esposa grávida em casa, partindo para uma perigosa missão investigativa, em que terá de enfrentar grandes desafios para proteger aqueles que ama. Em Filhos do fim do mundo, acompanhamos a saga de um repórter tentando se equilibrar entre sua função de pai e jornalista em meio ao caos pré- apocalipse. As catástrofes se misturam com a tensão psicológica do personagem em um envolvente romance que vai encantar os amantes de ficção.

Se alguém me pedisse para definir o livro Filhos do Fim do Mundo em uma única palavra, o definiria como intenso. Não pense em uma simples literatura fantástica nacional, esse é um livro que ultrapassa as barreiras do previsível e deixa o leitor sedento para saber como tudo se desenrolará.

Muitas pessoas acreditam que o fim do mundo será anunciado por alienígenas, catástrofes ou até mesmo zumbis. Mas já pensou se o prenuncio dos fins dos tempos fosse com a morte de todos os recém-nascidos e de todas as crianças com menos de 365 dias do mundo? Para completar, animais e plantas com a mesmo tempo de vida estavam mortos. Haveria futuro para humanidade depois desse dia?

Como plano mundial para descobrir o que estava acontecendo, a internet seria bloqueada, a comunicação extremamente limitada, rádio e televisão seriam afetados; e revistas e jornais seriam os veículos responsável por toda a informação que a população teria acesso, mais profunda e completa. O Repórter, escolhido pelo Governo, que havia visitado abrigos alguns dias antes, foi instruído a visitá-los novamente e ver se o isolamento hermético e biológico havia impedido ao menos uma morte, caso o principal motivo tenha sido o ar. Mas por sua Esposa estar esperando um filho e a criança com o nascimento previsto para alguns dias, sua principal motivação e esperança era salvá-lo.

O comportamento humano em situações consideradas normais já é algo imprevisível, mas imagine numa situação de pânico? Onde ninguém tem uma resposta ou previsão do que poderá acontecer? Obviamente, com o fechamento da internet teorias como censura a informação surgiu, mas não parou por aí. Invasão extraterrestre, armas biológicas, ira divina e bruxaria eram algumas das hipóteses que a população, sem respostas e desesperada, criara. Junto ao pânico e às teorias, surgiram os protestos com pessoas esperando respostas de representantes. Com o desespero, esses mesmos protestos poderiam ser bombas prestes a explodir porque o instinto de sobrevivência geralmente fala mais alto.

A hora é de adversidade e dúvida. Somos constantemente lembrados da tristeza e da fragilidade humana e, mesmo assim, podemos encontrar alegria em pequenos momentos; esperança em ações triviais; e fé num único sorriso ou gesto de amor. Precisamos enfrentar essa provação e garantir a nós mesmos que somos merecedores do ato de estar vivo.

Fábio Barreto me conquistou não apenas pela forma incrível que desenvolveu sua trama, mas principalmente por conseguir mostrar o que o ser humano, quando tirado de seu estado normal, consegue fazer. Não é apenas o medo, muito menos as ideias, mas os ideais de cada pessoa muda ou até mesmo se iguala quando está desesperado. Ao entrarmos de cabeça na trama, percebemos que uma simples pessoa consegue distorcer e plantar ideias, às vezes sem sentido, no coração de pessoas amedrontadas. Um exemplo claro disso é o Blogueiro que conseguiu inflamar o coração de diversas pessoas.

Os personagens que conhecemos são simplesmente incríveis, praticamente vivos, de carne e osso. O Repórter, apesar de forte e firme na posição que está para conseguir encontrar uma possível salvação, tem seus sentimentos aflorados e exterioriza isso, chora, ri e sofre. O mais curioso em relação aos personagens é que não há nomes, para nada e ninguém. Não pense que o autor criou estereótipos, mas ao meu ver, com essa atitude, ele mostrou que no lugar de seus personagens poderia ser qualquer um de nós. O que você faria pela humanidade? Para ver se filho nascer com vida?

Com uma narrativa alucinante, acontecimentos intensos e um final eletrizante, Filhos do Fim do Mundo é um livro que mexe com qualquer pessoa. Fácil de se identificar, fácil de se comover. Leia o primeiro capítulo!
a Rafflecopter giveaway

REGRAS
  • Para participar, é obrigatório ter um endereço de entrega no Brasil;
  • A promoção tem início no dia 30/03/2013 e terminará no dia 21/04/2013;
  • O sorteio é feito pelo Rafflecopter;
  • Caso o sorteado não responda o e-mail em três dias, será realizado um novo sorteio;
  • O prêmio será enviado pela dona do blog Pronome Interrogativo;
  • O participante que não seguir as regras e for escolhido será desclassificado e terá a participação desconsiderada sem aviso prévio;
  • Qualquer dúvida: contato@pronomeinterrogativo.com


Deixe o seu comentário

24 Respostas para "Resenha e Sorteio: Filhos do Fim do Mundo | Fábio Barreto"

Beatriz Cavalcante - 30 março 2013 às 22:03

Esse gênero não é dos meus preferidos mas devo confessar que esse livro me despertou interesse. Além de gostar da temática fim do mundo, você falou muito bem do livro na resenha que me deixou com vontade de ler. Vou colocar na minha listinha. 🙂

http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

Responder

Isabela Vicentin - 30 março 2013 às 22:18

Adoro quando autores pegam algumas temáticas já um pouco trabalhadas e abordam de um jeito diferente. Eu nunca imaginaria o fim do mundo da forma que Fábio Barreto trabalhou, rs. O enredo me chamou muita atenção e sua resenha me deixou suuper curiosa, Thaís! Espero ler logo 😀

Beeijos
Chá de Palavras

Responder

Maura C. Parvatis - 30 março 2013 às 23:51

Oi, Thaís!
Nossa, deve ser muito f%&# esse livro, se com a sinopse eu já estava com vontade de lê-lo, com sua resenha já estou convencida de que ”preciso ler”.
Sempre quando penso na possibilidade de um ”fim do mundo”, meu primeiro pensando é de que conseguirei reagir numa boa, manteria a calma e etc., mas – em seguida – relembro que não conseguiria por inúmeros motivos, por isso, espero que nunca aconteça, espero…

Beigos,
Maura – Blog da /mauraparvatis.

Responder

Carla A. - 31 março 2013 às 10:55

Esse é um livro que tenho visto por aí e a cada resenha fico com mais vontade de ler.

Tem meme pra você lá no blog! 😉

Beijos, Entre Aspas

Responder

Silvana Sartori - 31 março 2013 às 14:40

Primeiramente gostaria de te desejar UMA FELIZ PÁSCOA e te convidar a passar em meu blog para ver os livros novos que foram postados lá. Espero que goste e opine.

Outra coisa, gostaria de agradecer pelo seu carinho em meu blog e dizer que fico feliz de ter uma amizade como a sua. Espero que possamos sempre estar compartilhando mensagem uma com a outra. Espero que você venha fazer muito sucesso no seu cantinho viu ?
Se cuida Linda e fica com Deus

lovereadmybooks.blogspot.com.br

Responder

Lucas Souza - 31 março 2013 às 21:11

Oi Thaís.
Eu ainda não tive o MAIOR interesse do mundo em ler, mas sua resenha está diferente (mais positiva) das que eu já li.
Quem sabe não é agora que eu venha a mudar minha opinião um pouco?
Beijos
descobrindolivros.blogspot.com.br

Responder

Bianca Remohi - 01 abril 2013 às 16:45

Participando! Gosto de mistérios e esse livro parece ter muitooooos *_*
Gostei, quero ganhar o/

Responder

Tânia Regina - 01 abril 2013 às 23:54

Realmente uma história de tirar o fôlego. Adoro estas surpresas emocionantes que fogem do comum. Cada página deve ser uma aventura.

Responder

Nadia V. - 02 abril 2013 às 09:51

Quero muito ler esse livro!
Participando! \o/
Beijo.

http://navirj.blogspot.com.br

Responder

jean souza - 02 abril 2013 às 12:49

O livro parece muito interessante, e com uma premissa perturbadora, O fim do mundo, espero poder le-lo em breve (:

Responder

Natalia * - 04 abril 2013 às 15:46

participando!!!

Responder

Fabrica dos Convites - 04 abril 2013 às 17:03

Tenho lido boas resenhas deste livro, espero ler também.
Bjs, Rose.

Responder

Kelry Caroline - 06 abril 2013 às 15:03

Adoro livros, filmes que abordam o tema de fim do mundo, esse está na minha lista de interesses, até porque vi muitos elogios desse livro .

Responder

Jamilly Mayara - 06 abril 2013 às 22:54

Esse gênero é um dos meus preferidos, estou conhecendo este livro agora, e já gostei de cara. Participando

Responder

Adriana - 07 abril 2013 às 17:34

Uau! Parece eletrizante, adorei a historia, no estilo que eu gosto!Fiquei intrigada com a morte das crianças pequenas, agora quero saber o porque disso! Com certeza vou ler esse livro!

Responder

Alyne Lemos - 07 abril 2013 às 19:04

Sua resenha me deixou bastante impressionada!
Estou participando da promoção, tomara que eu ganhe e possa ler esse livro!!!

Beijos.
Páginas na Estante
@alyneadriana

Responder

Karen Senoo - 09 abril 2013 às 20:51

Super curiosa em relação a este livro. Pode-se dizer que se trata de uma Distopia né, pelo tema tratado. Nunca li nenhuma obra brasileira sobre o assunto e por isso fiquei interessada em Filhos do Fim do Mundo =) Quero muito ler!

Bjs
@tibiux

Responder


sos hollywood
abril 11th, 2013 em 17:24
respondeu:

Karen, seguindo a descrição clássica, Distopia envolve governos totalitários e futuros bem distintos. Não é bem o caso, mas esbarra um pouco sim. 😉

Responder

Patty Pereira - 11 abril 2013 às 00:59

participando!!

Responder

Roberto Modkillthebest - 16 abril 2013 às 19:09

participando ! =]

Responder

Adriana Balreira - 19 abril 2013 às 14:28

Este comentário foi removido pelo autor.

Responder

Adriana Balreira - 19 abril 2013 às 14:30

Uau! Esse negócio de fim do mundo é um assunto que eu gosto muito. E que história! Todos os bebês morrendo. Agora eu quero saber como é o final do livro. E um livro nacional. Deve ser bem escrito, já que é o Fábio Barreto que é cineasta, deve ser um livro com muita ação.
Beijos
Adriana

Responder

Raquel Moritz - 19 junho 2013 às 10:37

Eu amei esse livro. Fiquei super ansiosa esperando chegar, e quando chegou eu devorei cada palavra. Intenso é uma boa definição. Na minha resenha eu falei eletrizante, mas é tudo isso e muito mais. 🙂

Beijo!
Amei o texto. ♥

Raquel Moritz
http://www.pipocamusical.com.br

Responder

Sorteio de Sábado #5 - Pronome Interrogativo - 23 novembro 2014 às 21:27

[…] li o livro do Barreto e fiquei encantada com a história que ele havia criado. Escrevi uma resenha (aqui) onde tentei mostrar inúmeros motivos pelos quais todos precisamos ler este livro, mas o maior […]

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por