O Hobbit | J. R. R. Tolkien - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
dezembro 15, 2012 Falando de Resenhas

O Hobbit | J. R. R. Tolkien


Título: O Hobbit
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: WMF Martins Fontes
Skoob: Adicione!
Compre o livro: Clique aqui
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Inesperadamente, Bilbo Bolseiro, um hobbit de vida confortável e tranquila no Condado recebe a visita de treze anões e Gandalf que o arrastam em uma jornada através das montanhas e das terras ermas enfretando trolls, orcs, wargs, elfos para o resgate de um tesouro muito bem guardado por Smaug, o dragão. Bilbo se vê em diversas confusões e encontra algo que mudaria não só sua vida como de toda Terra-Média.

Caso você já tenha lido algum dos livros da trilogia Senhor dos Anéis ou tenha visto algum dos filmes, sabe bem o que esperar do universo criado por Tolkien. Mas, se você ainda não conheceu a magia do Condado, vamos lá…

O Hobbit conta a história de uma aventura vivida por Bilbo Bolseiro, um hobbit que vive pacificamente em sua toca, “não uma toca desagradável, suja e úmida, cheia de restos de minhocas e com cheiro de lodo; tampouco uma toca seca, vazia e arenosa, sem nada em que sentar ou o que comer: era a toca de um hobbit, e isso quer dizer conforto“. Sua vida era pacata e simples, com sua comida e seu cachimbo, o qual amava fazer anéis de fumaça, mas tudo muda quando recebe a visita do mago Gandalf, que está procurando alguém para participar de uma aventura. O pequeno Hobbit recusa seu convite, mas acaba embarcando, sem sentir, numa grande aventura. Ao ir embora, Gandalf faz uma marca na porta da toca do hobbit, o que atrai treze anões: Dwalin, Balin, Kili, Fili, Dorin, Nori, Ori, Oin, Gloin, Bifur, Bofur, Bombur e Thorin Escudo de Carvalho, uma Companhia que tem como objetivo retomar Erabor, o lar dos anões, e reconquistar a riqueza que o dragão, que havia invadido a montanha, tinha “roubado” deles. E é assim que entramos, o leitor, os treze anões, Bilbo e Gandalf; numa grande aventura que, mais tarde, decidirá o destino de toda a Terra-Média.

Para além das montanhas nebulosas, frias,
Adentrando cavernas, calabouços perdidos
Devemos partir antes de o sol surgir,
Buscando tesouros há muito esquecidos.

Muitas pessoas acham, ou acharão, a história um pouco infantil, mas acredito que esta tenha sido a ideia de Tolkien ao escrevê-la, já que foi criada para seus filhos. Possui uma linguagem simples, leve e direta, sem floreios. Mas, acompanhada de um ritmo um pouco diferente, temos, em O Hobbit, uma interação muito grande entre o escritor e o leitor, o que, sinceramente, quando muito bem feita, torna a leitura bastante interessante, praticamente um conversa com o escritor.

Os personagens são impressionantes! Cada um possuí sua história, seus sentimentos, modos de agir e pensamentos. Tolkien provavelmente tinha o dom de criar personagens independentes entre si que acabavam contribuindo diretamente nas histórias e acontecimentos. É impossível não se divertir com as reclamações de Bilbo e, principalmente, com as tiradas e cantorias dos anões.

Essa foi a segunda vez que leio este livro, mas hoje o vejo de uma nova forma, já que o li aos 12 anos, se não me engano. Mas quando digo que vejo a história de uma nova maneira, não quer dizer que a achei ruim, pelo contrário, achei melhor que a primeira vez que li. A idade e os novos conhecimentos tem dessas coisas, não é mesmo?

O HOBBIT: FILME X LIVRO

Se você está ansioso para ver o filme, uma dica: o primeiro filme vai do capítulo um ao capítulo seis do livro.

Obviamente, como qualquer adaptação, existem acontecimentos diferentes e outros se desenvolvem de forma diferente, mas não espere um filme ruim. “O hobbit: Uma jornada inesperada” tem um ritmo parecido com o livro, acompanhado de muita ação e efeitos especiais maravilhosos. Mas, ao contrário do livro que tem uma premissa exclusivamente infantil, o filme traz muita ironia e sarcasmo.



Deixe o seu comentário

14 Respostas para "O Hobbit | J. R. R. Tolkien"

Natalia Dantas - 16 dezembro 2012 às 08:28

Olá!
Parabéns pela resenha!
Ainda não li o livro mas lerei em breve, quero muito assistir ao filme também!

Abraços.
Entre Livros e Livros.
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Responder

Gabriel Ribeiro Gomes - 16 dezembro 2012 às 09:02

Oie 🙂

Que bela resenha meus parabéns , quero muito ler O Hobbit , vou ver o filme dia 23 é quero muito ler o livro antes mais não sei se vai dar , qualquer coisa vou ter que ver o filme e depois ler 🙁 mais não tem problema não hahaha beijos !

http://euvivolendo.blogspot.com.br/

Responder

João Victor - 16 dezembro 2012 às 11:27

Oi ..

Não li nenhum livro dessa série ainda, mas já assisti algum filme, não lembro qual. Achei legal ^^
Espero poder conhecer esse mundo em 2013, haha.

João Victor, Amigo do Livro
http://amigodolivro.blogspot.com.br/

Responder

Erika Tammy - 16 dezembro 2012 às 13:56

Ainda não li este livro, mas esta na minha lista de desejados ^^ e eu estou louca para assisti ao filme, espero que semana que vem eu consiga. Adorei sua resenha.
Beijos chuchu!

Responder

Alice Aguiar - 16 dezembro 2012 às 15:13

gente esse livro é perfeito
adorei sua resenha

Responder

Patrícia N. - 16 dezembro 2012 às 19:54

Tanto o livro quanto o filme parecem ser lindos *-*

http://complicatedimperfect.blogspot.com.br

Responder

Clara Beatriz - 16 dezembro 2012 às 21:04

Eu já comecei esse livro, mas em uma edição de capa azul. Não terminei de lê-lo – abandonei. Espero algum dia criar coragem para ler tanto esse quanto O Senhor dos Anéis e coragem até mesmo pra assistir os filmes, rs.
maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

Responder

Liste e Realize - 18 dezembro 2012 às 01:24

Não li o livro, mas verei o filme primeiro. Já ouvi boas indicações de quem viu a prévia.
Bela resenha!

Beijos
Pâmela Rodrigues
Blog: Liste & Realize
Página no Facebook

Responder

Isadora Ferreira - 18 dezembro 2012 às 13:06

Eu já comecei a ler o livro (outra edição) mas abandonei. Eu era bem mais nova, tinha uns 11 anos, então acho que não tinha cabeça pra esse livro ainda. Agora estou louca para tentar ler novamente. Me interessei muito mais com sua resenha.
Amei!
Beijos

Responder

Renatinha Araújo - 18 dezembro 2012 às 19:18

Nunca li… Mas a tua resenha deixou-me curiosa…
Tenho vontade de ler todos os livros deste autor!
Principalmente o Senhor dos Anéis! ^^

Beijos!

Por Renatinha Araújo.
Glamour Feminino: Blog /Twitter /Facebook

Responder

carlos eduardo victorino - 19 dezembro 2012 às 20:11

É uma pena o brasileiro nao ter o costume d ler livros o hobbit e um livro q t prend do começo ao fim li duas vezes e to louco para ver o filme como diz um jornal americano “O mundo se divide entre aqueles q leram o hobbit e os q nao leram” pura verdade.

Responder

carlos eduardo victorino - 19 dezembro 2012 às 20:11

É uma pena o brasileiro nao ter o costume d ler livros o hobbit e um livro q t prend do começo ao fim li duas vezes e to louco para ver o filme como diz um jornal americano “O mundo se divide entre aqueles q leram o hobbit e os q nao leram” pura verdade.

Responder

THAIS BRITO - 21 dezembro 2012 às 13:08

nossa que lindo seu blog , ja estou te seguindo tambem obrigada por seguir o meu e pelo comentario , te desejo muito sucesso e felicidade ! e continue acompanhando o blog , da uma olhadinha la nas itgirls e deixe sua pergunta para quem vc mais gostou ! bjs ! http://www.blogthaisbrito.blogspot.com.br/ http://www.blogthaisbrito.blogspot.com.br/p/it-girls.html

Responder

Raquel Moritz - 07 junho 2013 às 10:05

O Tolkien era realmente muito bom no que fazia. Criava universos, personagens, histórias lindas. Esse ano comprei Cartas do Papai Noel, que reúne cartas que ele escrevia aos filhos durante aaaanos como se ele fosse o Noel e tivesse um ajudante, o Urso Polar. Era a coisa mais fofa ♥

Beijo!

Raquel Moritz
http://www.pipocamusical.com.br

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por