Resenha: Para Sempre | Kim e Krickitt Carpenter - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
abril 10, 2012 Falando de Novo Conceito // Resenha

Resenha: Para Sempre | Kim e Krickitt Carpenter


.

Título: Para SempreAutor: Kim e Krickitt CarpenterEditora: Novo ConceitoSkoob: Adicione!Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a “Krickitt” com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.
, é a única palavra que me vem à cabeça ao pensar na história de Kim e Krickitt. Uma história de um casal recheada de perseverança e vontade de ser feliz, história a qual me encheu os olhos de lágrimas ao ler este livro.

Assim que abrimos a página do primeiro capítulo, nos encontramos em meio à uma ligação telefônica onde Kim, treinador do time de beisebol Highlands Cowboys, em Las Vegas, Novo México, liga para a empresa Jammin Sportswear para encomendar jaquetas esportivas e acaba sendo atendido por Krickitt. A partir daí, os dois já se sentem atraídos e apaixonados, como o próprio Kim relata, uma ligação espiritual muito grande. Depois desta primeira ligação, Kim busca motivos para ligar para o serviço de Krickitt para falar com ela, mas ela acaba oferecendo o número de sua casa. Conversa vai, conversa vem e eles resolvem se conhecer pessoalmente. Dentro de poucos meses Kim e Krickitt já estavam casados.

Infelizmente, após dois meses de casados, no caminho para a casa dos pais de Krickitt, para comemorar o feriado de Ação de Graças, eles sofrem um acidente de carro. O acidente deixa Kim muito ferido, com ferimentos nas costas, costelas quebradas, nariz e orelha decepados. Mas com Krickitt, a situação foi ainda pior. Ela fica com sua cabeça presa às ferragens, ficando entre a vida e a morte, afetando sua vida de uma maneira muito forte, deixando-a em coma e fazendo com que ela tivesse uma amnésia da qual não lembrava nada do que havia acontecido no período de um ano e meio atrás… e isto incluia conhecer Kim.

– Krickitt, quem é seu marido?
Krickitt olhou para mim novamente, e voltou o olhar para o terapeuta. Eu tinha certeza de que todos podiam ouvir meu coração batendo enquanto eu esperava, em meio ao silêncio e ao desespero, pela resposta da minha esposa.
– Não sou casada.

O que aconteceu com este casal é uma verdadeira história de superação e amor. Kim decidiu com todas as forças que tinha que ajudar sua esposa a se recuperar tanto dos traumas que teve no corpo quanto em seu cérebro. Às vezes Kim achava que não teria forças, mas as pessoas que o rodeavam davam apoio para que ele continuasse ao lado de sua esposa e apesar de todas as dificuldades que ele passou durante todo o período de recuperação dela, ele se manteu fiel aos votos que fez no dia de seu casamento.

Vi muitas resenhas deste livro, mas uma coisa que me chamou a atenção e não li em nenhuma foi a reação dos pais de Kim e Krickitt, que também foi uma prova de amor incondicional, tão grande quanto o amor de Kim por sua esposa. Isso me deixou muito emocionada! Eles não hesitaram em fazer o que o filho mais queria que era ver sua esposa e muitas outras coisas.

“Para Sempre” foi o livro que mais me emocionou. Apesar de ser um “simples” relato de uma linda história de amor, sem muitos aprofundamentos e detalhes, é algo emocionante de se imaginar, às vezes triste e algumas vezes romântico. E se você procura uma história que tenha um grande punhado de fé e a declaração da presença divina, este é um relato e tanto.



Deixe o seu comentário

10 Respostas para "Resenha: Para Sempre | Kim e Krickitt Carpenter"

Marco Antonio - 10 abril 2012 às 21:31

Boa noite Thaís,

Li e resenhei esse livro no blog e tem uma promoção do kit dele também, gostei muito e achei a história fantástica, gostei muito da sua resenha….parabéns…..abçs.

http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Responder

ALINE T.K.M. - 11 abril 2012 às 09:46

Oie! Acabei de ler esse livro e achei a história bonita, uma prova de que o amor verdadeiro ainda existe. Mas não considerei o livro como um dos meus preferidos, e nem um dos que mais me emocionou. Talvez porque não seja bem o meu gênero preferido, não sei. Achei bonita a questão da fé, porém uma coisa que não gostei muito foi o fato de mencionarem quase o tempo todo a própria fé, “Deus”, etc; não sei, não curto muito…

bjs
escrevendoloucamente.blogspot.com

Responder

Menina de Palavra - 11 abril 2012 às 17:47

Agora fiquei com vontade de ler haha
Quando tiver um tempinho vou comprar!
Beijinhos
http://meninadepalavra.blogspot.com.br/

Responder

Caline - 12 abril 2012 às 08:53

Tinha altas expectativas com relação a esse livro. A história de amor e superação do casal é linda, mas não foi bem retratada. Kim não é escritor e por isso não conseguiu passar para o papel todas as emoções que eles vivenciaram durante a recuperação de Krickitt.

Acho que vou gostar bem mais da adaptação do que da história real.

Beijos, Caline
Mundo de Papel

Responder

Cynthia. - 12 abril 2012 às 15:55

Apesar de eu não costumar me interessar muito por histórias de amor desse tipo, sempre que tenho a oportunidade de ler uma, me emociono também. Vi muitos comentários positivos sobre esse livro e acho que também me emocionaria demais com essa história de amor e superação. Fiquei curiosa para saber qual é a reação dos pais que você mencionou, mas acho que é melhor eu conferir por conta própria, certo? 😉

Um abraço!
http://ninanoespelho.blogspot.com

Responder

Up Girls - 12 abril 2012 às 19:38

Aee tenho que assistirr..
Eu adorei, to esperando sua visitinha em meu blog.
Agora faço parte do Up Girls

http://www.upgirlsblog.blogspot.com

Bjocas

Gigi Gazoni

Responder

Ni - 13 abril 2012 às 15:17

Finalmente uma resenha positiva! Também adorei o livro, e o problema do pessoal é que a maioria esperava encontrar no livro uma história de amor poetizada, sabe? Temos que encarar o livro vendo seu propósito: narrar um episódio super marcante na vida desse casal, não uma ficção fofinha.
Um beijo!
Ni, Ninhada Literária

Responder

Lauri Brandão - 13 abril 2012 às 17:48

Sou louca pra ter e ler esse livro, mas em sei lá qntos blogs já entrei em promoção e não consegui ganhar 🙁
Acho a história perfeita, do tipo que adoro. Que me emociona.
Adorei seu cantinho, to seguindo seu blog segue o meu?
manuscritodecabeceira.blogspot.com
Bjs.

Responder

Letícia Iauch - 14 abril 2012 às 23:13

Ei Thaís!

Realmente deve ser uma história linda de se ler! Imagino a situação e me dá calafrios só de pensar que uma coisa dessas realmente aconteceu…
Acho que é um livro talvez não pra chorar (igual acontece nos livro do Nicholas Sparks), mas sim para ficarmos comovidos e admirarmos a persistência e a fé desse marido (:

Bjoos’
Lets
http://leiauch.blogspot.com.br/

Responder

Luks Vieira - 30 abril 2012 às 23:35

Belo livro, tudo de bom…
Att.,
Luks

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por