Resenha: Presas - A Dádiva da Escuridão | Marco de Moraes - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
março 22, 2012 Falando de Resenha

Resenha: Presas – A Dádiva da Escuridão | Marco de Moraes


.

Autor: Marco de Moraes
Onde comprar: Compre com autor com frete grátis!
Skoob: Adicione!

A vida de um homem tem um novo início a partir da abertura dos seus olhos em plena cegueira que perdura por longos caminhos em que sua visão nada alcançava além de obviedades presas por suas limitações ante o desespero da perda de tudo: de tempo, de lugar, de nome. A luta do personagem, narrador deste livro, se dará pelo decorrer da sua busca pelo que emerge em pedaços de recordações, mistura de pesadelos e a sua realidade enfadonha, carregada de fardos que parecem não ter fim. Os dias de luz se foram; os filhos da noite se manifestaram e dominaram todos os cantos das noites profundas que perduram até a última gota de sangue maldita ser derramada..

Em “Presas”, conhecemos a história de um personagem que acordou, ou praticamente renasceu, em meio a um pântano, o qual não sabia de onde veio, muito menos quem era. Ao despertar deste “sono”, decide tomar caminhos que acredita ser a solução para seu problema. Em meio às curvas, trilhas e estradas tomadas, sua maior certeza é chegar ao castelo do rei mais próximo de onde está. Em suas andanças, depara-se com pessoas boas, ruins, pessoas que confiam imediatamente nele, outras que não confiam tanto assim, além de mercenários e, principalmente seres místicos, como bruxas, vampiros e, o que acreditei ser ao ler o livro, fantasmas.

Aliados eram difíceis de se encontrar naquelas terras. No tempo de minhas andanças por lá, era claro que todos estavam contra todos, desde o rei – que sequer imaginava quem e como era – até o frade de vestes acabadas. A cada passar do tempo conhecia um personagem-vilão nesta tragédia que, a cada noite, tinha o cenário mais tenebroso.

Com o objetivo de chegar ao destino traçado, nosso desconhecido recebe um nome e é batizado como Irwin. Durante sua longa caminhada, encontra também Serge, mercenário, bastante interesseiro, mas que de certa forma preocupava-se com o homem que encontrara.
O começo da leitura foi um pouco confuso para mim. Os capítulos iniciais são curtos e com isso, acabei conhecendo apenas superficialmente os personagens que passavam por Irwin. Mas mais adiante a coisa começa a engrenar e ficar mais interessante, principalmente pelas criaturas e pessoas que nosso “cavaleiro andante” encontra. Devo destacar que pela trama ser desenvolvida no período da idade média, castelos sombrios, névoa, pântanos e seres da noite são fatores que tornam a trajetória do nosso protagonista ainda mais interessante.
No post anterior, falei sobre alguns erros de revisão encontrados na obra, mas também disse que isso não afetou a leitura. Vi também que existem algumas partes e ideias que ficaram um pouco confusas ao serem passadas para o papel, digo isso porque aparentemente os personagens tinham convicção do que fazer, mas em algumas partes fiquei um pouco confusa.

No geral, a trama foi bem construída e o Marco, pelo que percebi, usou, em alguns trechos, rimas, o que me agradou muito por ter ficado com gostinho de trova. Ao ler o último capítulo, senti uma ponta de provável continuação. Será?

Em breve abrirei inscrições para o booktour deste livro! O que vocês acham?


Deixe o seu comentário

26 Respostas para "Resenha: Presas – A Dádiva da Escuridão | Marco de Moraes"

Marco de Moraes - 22 março 2012 às 20:49

Olá! Quem se interessar pela compra do livro, basta enviar um e-mail para marcoanrocha@gmail.com

Darei toda atenção possível aos leitores!

Tenham uma ótima semana!

Responder

Marco Antonio - 22 março 2012 às 21:05

Boa noite,

Apesar de não gostar da capa, achei bem interessante o livro, não conhecia e gostei da sua resenha…abçs.

http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Responder

Raquel Machado - 22 março 2012 às 22:08

Oi queri,
Não conhecia esse livro mas me chamou atenção por se tratar de uma epoca medieval e por ter seres estranhos no caminho…deve ser bem interessante…adorei a dica e esta anotada.
Bjksss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com.br

Responder

Viviane Heleno - 22 março 2012 às 22:51

Eu adorei o enredo da estória. O fato de ter rimas também me agrada. Ótima resenha. Beijinhos.

Responder

Isabela Seixas - 23 março 2012 às 00:14

Oiiiii, adorei teu blog e estou te seguindo. Maravilhoso 😉
Dê uma passadinha lá no meu e me segue também? Ficaria agradecida se desse uma forcinha lá.

http://blablablajournal.blogspot.com.br/

Responder

Gi Gazoni - 23 março 2012 às 10:49

Mto interessante, adoreiiii.
Bjocas
Gi

http://www.emporiokafashion.blogspot.com

Responder

Carol - 23 março 2012 às 15:15

Uma ótima ideia um book tour!!
adorei a resenha =]

Beijos.
#Resenha falada.

Responder

Jade Amorim - 24 março 2012 às 15:43

Achei interessante a história dele. Se tiver inscrição pra Booktour pode ter certeza de que me inscreverei! *-*

Adorei!

Beijos.

Responder

Agora tô pronta - 24 março 2012 às 16:46

Adorei, parece ser muio bom!

Obrigada pela visita, volte sempre <3
http://agoratopronta.blogspot.com/
Beijos Vanessa

Responder

Ateliê Divinos - 24 março 2012 às 19:30

ai q fofaaa mto obg viu eu tbm ja estou te seguindo.. bjinhus

mto lindo seu blog.. estiloso ! rs lol

sz’

Responder

Bruno - 24 março 2012 às 22:25

Achei muito boa a sinopse desse livro e a forma com que ele nos foi apresentado pelo post.
Um Abraço!

Bruno
http://oexploradorcultural.blogspot.com

Responder

Simony - 25 março 2012 às 02:53

Que bacana,muito interessante a apresentação do livro..bjs

http://simonebastos2007.blogspot.com.br/

Responder

Jacqueline Braga - 25 março 2012 às 09:42

Oi Thaís
Não conhecia o livro,mas gostei da história, especialmente por ter todo esse clima de idade média.
Só não participo do book-tour porque a lista de leitura está gigante, mas fiquei muito curiosa com o livro.
bjos

Responder

Karine Marinho - 25 março 2012 às 11:19

Eu não me interessei muito pela história do livro, eu leria se tivesse oportunidade, mas não compraria se o visse na minha frente :/
Beijos,K.
Girl Spoiled

Responder

Ju Berti, Lary Dutton e Becky Albertassi - 25 março 2012 às 11:49

Adorei a parte de seres misticos! Fiquei curiosa com a história
Bjuu, Ju! XD

http://depoisquesecresce.blogspot.com.br

Responder

Cynthia. - 25 março 2012 às 12:55

Acho bacana ter um booktour 🙂 Embora eu dificilmente me interesse por livros com temas fantásticos (não que eu não goste, mas tem um tempo que eu me apeguei mais Às coisas “cotidianas”, mas com uma certa complexidade das coisas normais, e tem sido cada vez mais difícil encontrar livros fantásticos realmente bons), essa história parece bem interessante. Achei um pouco exagerada toda essa refinação na linguagem da sinopse, mas não sei se isso afeta diretamente a obra. Só achei, sei lá, exagerado, hehe.

Um abraço!
http://ninanoespelho.blogspot.com

Responder

Sora Seishin - 25 março 2012 às 16:51

Oi Thaís!
A premissa do livro parece boa, mas sei lá… Não me interessei…
Acho que não é a leitura certa pra mim ^^

Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Responder

Fefa - 25 março 2012 às 19:48

Olá.. achei que a história tem muito potencial!
Ia ser legal um booktour para mais pessoas conhecerem!

Bjoss
entreumlivroeoutro.blogspot.com

Responder

Lauri Brandão - 25 março 2012 às 20:11

Não conhecia esse livro, mas a resenha me deixou curiosa.
adorei a capa.
Nova resenha no blog ^^
manuscritodecabeceira.blogspot.com
Bjs.

Responder

Amy - 25 março 2012 às 21:52

Não conhecia o livro, mas adorei, fala de uma temática que me agrada bastante ‘-‘
beijos
Amy – Macchiato

Responder

Angela Graziela - 25 março 2012 às 22:32

Nossa, esse livro é bem curioso e estranho ao mesmo tempo
A menina que do nada aparece do pantano
Fiquei com uma certa curiosidade

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Responder

-ana vitória - 25 março 2012 às 22:51

Oi! adorei seu blog!
bora fazes parceria?
Da uma passadinha no meu!
Beijos!
By My Self

Responder

Ágata Bresil - 25 março 2012 às 23:47

Cara, como é bom entrar em um blog e ver um livro que eu nunca ouvi falar e nunca imaginei existir. É muito bom e é isso que tenho tentado trazer para o meu blog. Estou muito admirada.

Beijos. Tudo Tem Refrão

Responder

Nana - 26 março 2012 às 05:15

Hey!
Não conhecia o livro.. mas nossa imagina acordar num pântano? OMG!

Gostei da capa, e sua resenha foi super sincera!

Boa sorte com BT, se eu for participar falo com vc.

O Hobbit é só final do ano…

Mês que vem tem Os Vingadores, aí sim HAHA

beijos e uma ótima semana
NANA – OBSESSION VALLEY

Responder

Leandro de Lira - 26 março 2012 às 13:55

Não fiquei muito interessado.
Não sei o motivo.
Talvez seja a estória, que para mim, não foi muito convidativa.
Mas, amei a resenha!
Parabéns pela resenha!
Abraço…

“Palavras ao Vento…”
http://www.leandro-de-lira.com

Responder

Letícia Iauch - 31 março 2012 às 14:27

Ei Thaís!

Ah, o enredo do livro é legal então. Eu gosto dessa coisa sobrenatural e tudo mais 😛
No entanto, como eu comentei no trecho do livro, acho que as palavras antigas me atrapalhariam bastante :/

Bjoos’
Lets

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por