Resenha: Sábado à Noite | Babi Dewet - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
fevereiro 18, 2012 Falando de Resenha

Resenha: Sábado à Noite | Babi Dewet


.

Autor: Babi Dewet
Onde comprar: Informações
Skoob: Adicione!

Amanda é popular na escola e os amigos do seu amigo de infância são considerados os ‘marotos’ do pedaço por desrespeitarem as regras. Tudo ao seu redor acaba desmoronando quando um amor mal resolvido volta à tona e a sua amizade é posta em prova. Se não bastasse, seu diretor resolve dar bailes aos sábados e uma misteriosa banda mascarada foi convocada pra tocar. Mas suas letras dizem tanto sobre ela… quem serão esses mascarados de Sábado à Noite?

Como disse num post anterior, não leio muitos chick-lits, alguns são muito “Malhação” para o meu gosto, pouco conteúdo e uma trama às vezes bastante previsível. Mas Sábado à Noite mudou todo o meu conceito sobre isso e o que me deixa mais feliz é saber que é um livro de uma autora nacional, nossa.
Comprei o livro na Bienal do Rio, o qual foi produzido de forma independente, e foi onde eu conheci a Babi pessoalmente. Super simpática e até largou seu almoço para vir assinar meu livro, que vergonha de mim mesma, meu Deus. Demorei um pouco para lê-lo, porque acredito que todos nós temos um cronograma de leitura e comigo não foi diferente, mas eu deveria ter lido ele assim que o comprei. Mas vamos à resenha de verdade, né?
O livro nos apresenta um universo autenticamente adolescente, os marotos têm um humor sem igual, a autora conseguiu destacar todas as atitudes, brincadeiras e trejeitos da idade dos personagens que conhecemos. E é dentro da escola onde a maior parte da trama acontece. Conhecemos “as abelhas rainhas” do colégio, as cinco meninas mais populares: Anna, Carol, Guiga, Maya e Amanda; e os famosos perdedores, os marotos: Bruno, Daniel, Rafael, Caio e Fred. Amanda e Daniel são nossos protagonistas, os quais são apaixonados um pelo outro desde a 8ª série, mas Amanda fica divida entre o amor que sente por Daniel e a amizade que tem com Guiga, que também gosta de Daniel.
Muita coisa muda quando o diretor decide promover bailes aos sábados. Os quatro marotos com a ajuda de Fred montam uma banda chamada “Os Scotty“, baseando o nome da banda no nome do protagonista do filme “Eurotrip“. Dá para perceber que o livro é repleto de músicas, né? Temos  Beatles, McFly, sem contar nas músicas que Daniel e os marotos fazem baseando-se nas experiências que têm. E assim como as músicas falam sobre as experiências de Daniel, principalmente, Amanda fica atraída pela banda de uma forma sem igual e não entende como eles conseguem falar tanto sobre seus sentimentos e tudo o que acontece com ela.

Então me ajude a te esquecer / Nossos olhos cruzam quando ela me olha/ E ela finge que não é um sinal / Eu não sei explicar, baby / Preciso esquecer você / O olhar vazio, triste e sem vida / Ela sorri e não é de verdade / E não é para mim / Se ela me desse apenas uma chance / Nada teria que ser assim

A autora usa uma linguagem bastante atual e moderna. Esta é uma leitura que, sem dúvidas, adolescentes e adultos vão amar. Apesar de ter características adolescentes nos personagens, conseguimos nos identificar com alguns e relembrar ou se identificar com alguns problemas da adolescência, como as dúvidas que permeiam esta idade, as “panelinhas” comuns nas escolas, as besteiras que a idade permite fazer e muitos outros fatores. Babi conseguiu encaixar perfeitamente relacionamentos paralelos de uma forma harmoniosa e gostosa de se ver, todos os casais estavam ligados e sofrendo com o mesmo problema, uns mais intensamente que outros.

Se você é o tipo de pessoa que adora chick-lit, de verdade, não deixe de conferir! SAN é um livro verdadeiramente gostoso de ler.


Deixe o seu comentário

11 Respostas para "Resenha: Sábado à Noite | Babi Dewet"

Nana - 18 fevereiro 2012 às 04:15

Oiii
Adorei a resenha, tenho muita vontade de ler SAN.. e sua resenha é a primeira que leio dele.
HAHA A banda baseada no Scotty, adoro Eurotrip…

beijos e bom Carnaval, caso não goste, bom feriado.
Nana – Obsession Valley

Responder

Iris - 18 fevereiro 2012 às 07:09

SAN é uma delícia. Já tenho o meu da edição independente, mas eu tô doida doida doida pelo lançamento via editora para comprar de novo, hahahahaha

Beijos!

Responder

Samantha M. - 18 fevereiro 2012 às 12:08

Olá!!

Obrigada por passar no Word in My Bag, já estou seguindo aqui! <3

Adorei sua forma de resenhar!

Eu já tinha visto várias resenhas sobre esse livro e cada vez que leio uma nova fico mais intrigada para ler, até porque é uma aposta em literatura nacional <3.

Beijos,

Samantha Monteiro
Word in My Bag

Responder

luana - 18 fevereiro 2012 às 16:09

Estou louca para que o livro seja lançado logo pela editora e q a continuação tbm seja publicada! Adorei a resenha!
beijos, lu
bananapirata.blogspot.com

Responder

Emmy - 18 fevereiro 2012 às 17:00

Tenho muita curiosidade de ler esse livro e sua resenha sem dúvida só ajudou a aumentá-la! Já ouvi muitos elogios sobre o livro e tbm fico feliz de saber que a autora é brasileira 😉
Ah eu adoro um bom chick-lit, apesar de concordar com vc que a trama não é o principal atrativo desse tema, tenho que admitir que me divirto bastante lendo!
Adorei a resenha!
Bjs, Emmy
Literary World

Responder

Bruno - 18 fevereiro 2012 às 20:38

Olá!
Achei sua resenha muito boa e completa.
Um Abraço!

Bruno
http://oexploradorcultural.blogspot.com

Responder

Matheus Braga - 18 fevereiro 2012 às 21:44

Nossa eu nunca imaginaria que esse livro seria algo bom. Tenho um super preconceito com autores nacionais, mas aos poucos estou mudando isso XD
Vou add este livro na minha lista de desejados no skoob ^^
Adorei sua resenha!!!

Abraços,
http://www.vidadeleitor.com/

Responder

Felipe Santos - 19 fevereiro 2012 às 02:36

Não gosto de capas que têm desenhos, mas depois dessa resenha fiquei com vontade de ler o livro. Parabéns e obrigado pela visita ao meu blog. Estou te seguindo e ansioso para ver suas atualizações.

Beijos,
Felipe
http://ahoradolivro.blogspot.com/

Responder

Gabriela Silva - 19 fevereiro 2012 às 11:01

Owwwwwwwn muito lindo o seu blog flor! Estou seguindo de volta é claro! E prometo que volto aqui pra comentar e te espero no meu:
http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/
Mil Beijos!

Responder

Priscilla Faustino - 19 fevereiro 2012 às 12:32

Olá,
Estou aqui retribuindo a visita.
Parabéns pela resenha! Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas me deu muita vontade de lê-lo, adoro livros do tipo “Malhação”… rs. Bom feriado!

Bjinho,
pirigueteliteraria.blogspot.com

Responder

Bianca - 19 fevereiro 2012 às 15:36

Esse livro parece ser muito legal, e sempre é bom apreciar os livros nacionais né? E eu amo Mcfly, tenho certeza que vou adorar!

Beijos, Bi
http://behindenemyline8.blogspot.com

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por