Ways to Live Forever | Sally Nicholls - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
abril 16, 2013 Falando de Resenhas

Ways to Live Forever | Sally Nicholls


Resenha: Ways to Live Forever

Título: Ways to Live Forever
Autor: Sally Nicholls
Editora: Marion Lloyd Books e Geração Editorial
Skoob: Português e Inglês
Compre o livro: CULTURA | SARAIVA | BOOK DEPOSITORY
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

“My name is Sam. I am eleven years old. I collect stories and fantastic facts. By the time you read this, I will probably be dead.” Sam loves facts. He wants to know about UFOs and horror movies and airships and ghosts and scientists, and how it feels to kiss a girl. And because he has leukaemia he wants to know the facts about dying. Sam needs answers to the questions nobody will answer.

Ways to Live Forever é um livro tocante de uma forma muito singela. E apesar de ter lido em inglês, você pode encontrá-lo na versão em português com o título de Como Viver Eternamente, lançado pela Geração Editorial. Para praticar o inglês é um ótimo título, já que seu nível é fácil.

Sam, um menino de apenas onze anos que tem leucemia, e seu amigo Felix, que conheceu há mais ou menos um ano no hospital que estavam internados, estudam juntos com a senhora Willis três vezes por semana. Durante uma dessas aulas, a senhora Willis passa uma atividade para que falem de si mesmos e é dessa forma que Sam pensa em escrever um livro sobre ele mesmo, sobre estar doente e tudo mais que lhe acontece. E esse é o livro de Sam, que começa no dia 7 de janeiro e termina no dia 12 de abril.

“My book’s about me,” I said.
Dad stopped laughting. “About you?”
“About… being ill. And everything.”

Durante sua jornada, Sam tem dúvidas por causa de algumas perguntas que ninguém responde como, por exemplo, Por que Deus permite que as crianças fiquem doente? e, por amar saber de coisas e fatos, cria listas muito diferentes como As maneiras de viver para sempre. Para mim, Sam e Felix são crianças que traçam listas e metas porque não sabem por quanto tempo viverão. Apesar do desejo de fazer coisas de adolescentes, como beber e beijar uma garota, eles têm sonhos de crianças.

8- Find a girl called Eva and marry her. Then, even if you can’t live forever, at least you can live for Eva.

Ambos são crianças incríveis que têm personalidades à altura. Sam tem uma forma bem peculiar e com uma boa pitada de humor ao falar sobre sua vida, sua história. Ele é uma criança que teve que amadurecer, de certa forma, para entender sua doença e, de uma forma muito corajosa, ambos os meninos não sentem pena de si mesmos. Por um lado os sick-lit estão povoando ainda mais as produções literárias, o que, dependendo do escritor, faz com que os leitores conheçam o lado de quem está com algum tipo de doença grave por não poupar o leitor de detalhes mais amargos, mas por outro lado dão uma nova perspectiva de fatos não tão legais sobre a vida.

Esse não é um livro que possui um único ápice, a história toda possui um mesmo ritmo que, ao longo da leitura, vai mostrando a busca de um menino por respostas que nem os adultos conseguem responder e pelo verdadeiro sentido da morte, seu motivo e significado… Porque tudo depende de como você vê as coisas. Sally Nicholls tem uma jeito muito gostoso de apresentar a história e quando o leitor chega ao final do livro é praticamente um choque. Terminei de ler Ways to Live Forever com lágrimas nos olhos e um aperto enorme no coração.



Deixe o seu comentário

5 Respostas para "Ways to Live Forever | Sally Nicholls"

baby_monster - 17 abril 2013 às 07:40

não tenho nenhum livro em inglês, acho que vou começar a comprar, quem sabe assim melhoro meu inglês, o/
eu gostei bastante da tematica desse livro o/
acervo-de-livros.blogspot.com

Responder

Lê Veloso - 17 abril 2013 às 10:40

Gosto muito de ler livros !
Nunca li nenhum em inglês mais intendo um pouco !
Quem sabe não melhoro meu inglês !

Está Rolando um sorteio no meu blog !
Participe !
http://encantosdecinderela.blogspot.com.br/2013/04/primeiro-sorteio-do-blog.html

Responder

Dayane - 17 abril 2013 às 12:17

ai ia quero ler, gosto muito de ler livros que se surpreende no final sabe, são os livros do meu tipo favorito e adorei a sua resenha, achei a história dele bem interessante.
Beijinhos
conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

Responder

Bruna - 17 abril 2013 às 13:39

Olá
Gostei muito da sua resenha.
Sou louca para ler livros em inglês…
Beijos

cocacolaecupcake.blogspot.com.br

Responder

Mirelle Candeloro - 20 abril 2013 às 20:42

Nossa, já fiquei emocionada só de ler a resenha, imagina então o livro?! hehe Adorei a dica, vou procurá-lo. Beijão, Mi

http://www.recantodami.com

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por