Review: Intocáveis - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
agosto 07, 2012 Falando de Editora Intrínseca // Film // Filme Intocáveis // Intouchables // O Segundo Suspiro

Review: Intocáveis


.
Intocáveis (Intouchables, França, 2011), baseado na autobiografia de Philippe Pozzo Di Borgo, O Segundo Suspiro, publicado pela Intrínseca, é um filme emocionante, simples, realista e muito divertido.
.
O filme conta a história de Philippe (François Cluzet), milionário, tetraplégico e viúvo, que depende das outras pessoas para fazer tudo para ele e precisa de um auxiliar de enfermagem para ajudá-lo em suas atividades diárias. Assim, durante uma entrevista de emprego, acaba conhecendo Driss (Omar Sy), negro, desempregado e ex-detento, que foi apenas buscar a assinatura de um empregador para continuar a receber o dinheiro da previdência social. Philippe achando a personalidade de Driss um tanto diferente de todos que havia entrevistado, acaba o contratando.
.
A relação entre Philippe e Driss é um tanto mágica e curiosa, porque ambos pertencem à universos diferentes, mas precisam de um norte em suas vidas, uma mudança que os faça ver a vida e agir de forma diferente. Driss consegue mudar muitas coisas na vida de Philippe, principalmente por não tratar seu patrão como um coitado, mas tratando-o como uma pessoa qualquer, de igual para igual. E por Philippe também ser um crítico de arte, acaba trazendo a leveza daquilo que ele aprecia para a vida de Driss.
.
O que mais me chamou atenção neste filme é que os dois homens são marcados e martirizados pela sociedade. Enquanto Driss é negro e sofre preconceito pela cor e pelo local de onde vive e veio, Philippe é tetraplégico e acaba recebendo apenas o sentimento de pena das outras pessoas. Mas ambos gostariam de ser tratados como iguais e assim, um consegue suprir a necessidade do outro.
.
O filme trata de temas um tanto pesados, mas com o bom humor incrível de Driss e a compreensão de Philippe tudo ficou mais prazeroso tanto para nós, espectadores, quanto para a mudança na vida deles. Além disso, Intocavéis mostrou que não precisamos apenas de efeitos especiais e histórias exuberantes, mas com uma história singela e tocante é possível fazer cinema com muita, mas muita qualidade.
.
Em suma, os atores são maravilhosos, Omar Sy consegue construir um Driss simpático, bruto, mas ao mesmo tempo encantador e François Cluzet consegue atuar de uma forma sublime, por Philippe não poder se movimentar, sua forma de expressar-se é pelos olhos. O filme possui drama e comédia, mas tudo na medida certa!
.
Intocáveis foi o filme mais visto na França em 2011, tendo a terceira maior bilheteira francesa da história, sendo o primeiro e segundo lugar ocupados por Titanic e Bienvenue chez les Ch’tis, respetivamente. Aqui no Brasil o filme estreará no dia 31 de agosto.
.



Deixe o seu comentário

15 Respostas para "Review: Intocáveis"

Juliana Guedes - 07 agosto 2012 às 09:58

Nossa eu nunca tinha ouvido falar sobre esse filme,parece mesmo ter uma história incrível.
Eu gosto de filme que tenha uma pouco de drama.
ótima dica.
Beijos^^

Responder

Julia G - 07 agosto 2012 às 15:44

Oi Thaís, nunca tinha visto nada sobre esse filme, mas fiquei morrendo de curiosidade, ainda mais porque adoro essas histórias que mexem com os ‘padrões’ sociais e mostram o que uma pessoa pode fazer na vida de outra.
Vou procurar para assistir.

Beijos

Responder

Jessica - 07 agosto 2012 às 20:50

Muito legal! Adorei!
Bjos
http://exclusivagarota.blogspot.com.br

Responder

Barbara Sá - 07 agosto 2012 às 21:41

Olá Thaís, tudo bem?
Não conhecia a história, mas seu review me deixou curiosa 🙂

Beijos, lindo blog.
http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

Responder

Carol Nana - 07 agosto 2012 às 22:37

Fiquei bem afim de ver o filme 🙂 Parece ótimo!
Gostaria de aproveitar e te convidar a participar do sorteio que está rolando lá no blog

http://www.chadatarde.com/2012/07/sorteio-eeeee.html

Beijos, Carol Nana

Responder

Pollyanna Larissa e amigas - 08 agosto 2012 às 00:18

Não gosto muito desses tipos de filme,gosto mais de filme de jovem ou de terror,mais gostei da postagem.Seu blog é ótimo adorei

blog-polllyanna.blogspot.com
Beijoss

Responder

Gloss de Uva - 08 agosto 2012 às 11:10

Nossa agora fiquei curiosa
Beijos
http://glossdeuva.blogspot.com.br/

Responder

Taís Iahn Folchini - 08 agosto 2012 às 13:04

Nossa, já ouvi falar muito desse filme, quero ver!
Beijos

http://www.blogavenidafashion.com

Responder

Fernanda - Trilhas Culturais - 08 agosto 2012 às 17:05

Adoro ver filmes que sejam emocionantes como esse parece ser. Gostei da dica.

Responder

Aline Perobelo - 08 agosto 2012 às 18:01

Oii Linda, vim retribuir a visita!!!

Lindo bloog*

Seguindo já!!!

http://alineperobello.blogspot.com.br/

Responder

Aline Diederen - 08 agosto 2012 às 18:25

Oi adorei o blog 🙂
Já estou seguindo,se puder retribuir vou adorar 🙂
Tenho um blog que aborda temas como moda e beleza entre outros assuntos.
Vou amar receber sua visita no meu cantinho.

http://www.alinefashionmoda.com/

Bjokas 🙂

Responder

Rock de verdade e atitude - 08 agosto 2012 às 19:36

Dv ser fera esse filme dv ser soh fila tbm! rsrsrs
gosta d rock? entao acessa rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ comenta e se gostar siga!

Responder

Mιℓℓє (Garotas Atrevidas) - 08 agosto 2012 às 21:40

Esse filme deve ser ótimo mesmo *__*
Kisses :*
http://garotasatrevidas-s2.blogspot.com.br/

Responder

@Amora_Ruffles - 09 agosto 2012 às 19:18

Nunca tinha ouvido falar nesse filme,vou procurar esse filme.Oi flor adorei o blog pelo conteúdo e pelo layout e já estou seguindo.
Beijos

amoraruffles-blogger.blogspot.com.br
http://garotadoall-star.blogspot.com.br

Responder

Gisela M. Bortoloso - 10 agosto 2012 às 21:53

Em primeiro lugar quero parabeniza-la pela resenha.
Adorei este filme, foi uma surpresa positiva. Não sabia nada sobre ele e até achei que seria chato, pelo tema. Mas é um filme super interessante e tratando-se de uma história verídica, passa a ser mais recomendável ainda.
um abraço
Gisela – Ler para Divertir

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por