Top 5: Mães na Literatura - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
maio 13, 2012 Falando de Top 5

Top 5: Mães na Literatura


1- Capitu (Dom Casmurro, Machado de Assis): Capitolina, mãe de Ezequiel, filho de Bentinho. A maioria das pessoas devem se lembrar de seus “olhos de ressaca” e principalmente da dúvida que Bentinho tinha em relação à ela quanto sua fidelidade, uma vez que ele, Bentinho, achava Ezequiel a cara de Escobar. Mas é bom nos lembrar de sua origem pobre, mas mesmo assim uma mulher independente e bastante avançada. Capitolina nos lembra o verbo capitular (renunciar) e Capitu foi aquela que mesmo “acusada” renuncia toda e qualquer reação.

2- Dona Glória (Dom Casmurro, Machado de Assis): Percebemos em Dona Glória uma verdadeira matriarca, aquela mulher que todos que moravam sob seu teto eram dependentes. Apesar do seu recalque e de sua extrema religiosidade, ela ama demais seu filho Bentinho (santinho) e este grande amor é também resultado de uma promessa que fez à Deus, onde caso seu segundo parto fosse bem sucedido, seu filho viraria religioso (padre ou freire).

3- Sinhá Vitória (Graciliano Ramos, Vidas Secas): Esposa de Fabiano, vive seu destino, mas lembra-se com medo da seca que viveu, teme que volte acontecer e faz suas preces. É extremamente esperta, está sempre protegendo seu marido de pessoas ruins e cuida da melhor forma que pode de seus filhos. Apesar de sonhar com uma cama de couro, tem os pés no chão e sabe que quando chegam a cidade grande, apesar das dificuldades que enfretarão, seus filhos poderão ter um destino melhor.

4- Dona Benta (Sítio do Pica-Pau Amarelo, Monteiro Lobato): Dizem que vó é mãe duas vezes, não é mesmo? Eu nunca soube quem é filho da Dona Benta, mas ela cuida tão bem de Pedrinho e Narizinho que é praticamente uma mãe para eles. Sempre muito divertida, mas que nunca perde a mão firme como educadora. Apesar de ser realista, consegue acreditar nas brincadeiras fantásticas que as crianças inventam, sendo sempre carinhosa, compreensiva e sensata.

5- Senhora Everdeen (Jogos Vorazes, Suzanne Collins): Mãe de Katniss e Primrose, sentiu-se abandonada e muito triste após a morte de seu marido. Além disso, se não fosse por Katniss para tomar seu lugar como “líder” da família, elas teriam morrido de fome. Mesmo com seus problemas, ela conseguiu acordar para a vida depois que Katniss vai para os Jogos Vorazes e conseguiu cuidar das outras pessoas, como curandeira do Distrito 12, e de sua filha Prim.

Bônus~ Lori (The Walking Dead, Robert Kirkman): Mãe de Carl, tachada por muitas pessoas e julgada por suas atitudes. Apesar de ter ficado com o melhor amigo do seu marido, Shane, por possivelmente estar indefesa em um mundo cheio de zumbis, incapaz de defender-se sozinha e principalmente com um filho para cuidar. Lori fez e faria de tudo para proteger seu filho a qualquer custo.

Para todas as mães e futuras mães, um feliz dia para vocês. Em especial para a minha que é a mais guerreira e a mãe mais linda desse mundo. Sem ela eu não seria o que sou hoje! Obrigada mãe, por apesar ter sacrificado boa parte dos seus sonhos, eu consegui realizá-los para você e continuarei realizando-os. Te amo! 



Deixe o seu comentário

4 Respostas para "Top 5: Mães na Literatura"

Déborah - 14 maio 2012 às 00:53

Owh *-* Gostei das mamães que você escolheu. E gostaria que a minha gostasse mais de ler rsrs

Responder

Lucas - 14 maio 2012 às 15:49

Mãe/Vovó Benta, marcou profudamente minha infância *-*
Gostei muito do blog, tem um layout lindo e é super interativo.
Seguindo 😉

Lucas / Era uma vez…
livrosecontos.blogspot.com

Responder

Jacqueline Braga - 14 maio 2012 às 18:37

Oie Thaís
dessas mamães só conheci a mãe da Katniss e a do Carl rs
Mas gostei da seleção que você fez.
Bjos

Responder

Lary Silvestre - 15 maio 2012 às 14:57

adorei essa seleção!
Beijãão
larysilvestre.blogspot.com

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por