Youkai | Roxane Norris - Pronome Interrogativo • Blog e Canal •
julho 15, 2013 Falando de Resenhas

Youkai | Roxane Norris


Youkai

Título: Youkai
Autor: Roxane Norris
Editora: Literata
Skoob: Adicione!
Compre o livro: AMAZON | COMPRE COM A AUTORA
Classificação: EstrelasEstrelasEstrelasEstrelasEstrelas

Heilel é um jovem anjo da guarda que tem sua história mudada duplamente num único momento. No dia em que ascende ao cargo de confiança mais alto do Renkai – o plano do julgamento – acaba tendo uma difícil decisão nas mãos: manter sua lealdade a Deus ou salvar sua protegida – uma alma suicida por quem ele cria um vínculo afetivo. Ciente de suas responsabilidades, e não vendo outra saída, ele abidica da honraria e entrega sua alma em troca da dela ao Diabo, que vem exigir pessoalmente seus despojos sobre o julgo. Todavia, a presença de Lúcifer no Renkai não é uma mera coincidência e Heilel – agora nominado Akuma e vivendo no plano terrestre como um Youkai – irá descobrir que há muito mais por trás de uma simples barganha, e que tanto Deus como o Diabo estão envolvidos numa aposta cujo o desfecho pode exigir um preço ainda maior de si mesmo.

Vejo nos livros que possuem anjos como elementos principais, um grande desafio para os escritores. É difícil moldar uma história com seres divinos de um jeito aceitável para os leitores. Convenhamos, cada um tem sua concepção de Céu e Inferno, mas conquistar o leitor como Roxane o fez em Youkai foi algo simplesmente encantador.

Youkai nos traz a história de Heilel, um anjo que tinha como missão guardar e proteger Hanya, uma menina de dezesseis anos. Entretanto, Deus convida Heilel a tomar posse do cargo mais alto do Renaki, tornar-se Enma Dai Oh. Mas com o novo cargo, novas responsabilidades viriam e consequentemente teria que abrir mão do trabalho de proteger Hanya na Terra.

A jovem, que já tinha uma forte tendência suicida, acaba sendo influenciada pelo sentimento de abandono, já que no plano terreno o tempo passa de uma forma completamente no plano divino, e Heilel não percebe o que, de certa forma, fizera. Quando vai ver sua protegida, a encontra com os pulsos brotando sangue e ela morre. Hanya não iria para o céu, já que havia tirado a própria vida, e por sentir algo tão forte por ela, seu anjo da guarda faz uma troca, a alma da menina é salva, mas Heilel se torna um Youkai nessa troca.

Não importa o que seja… Para mim, você sempre será um anjo… Meu anjo. – Ele permitiu ser acariciado pela inocência dela. A inocência que o atría cada vez mais para seu lado. – Você toma conta de mim, e me faz feliz… – O rosto da menina no corpo da mulher que o fascinava. – Akuma, não deixe que ele me toque de novo… Não hoje, eu não quero… – O cansaço venceu-a.

Ao se tornar um Youkai, Heilel passa a se chamar Akuma. Apesar de estar ao lado de Lúcifer, seu coração de anjo ainda é puro e bom. Mas dentro do mesmo coração o amor por Hanya, depois de séculos, ainda perdura. E é quando surge em sua vida duas mulheres, Aine, uma menina que tinha uma história muito parecida com a de Hanya, e Carine, mulher pela qual sentia verdadeira atração. Mas o que Heilel não contava, com sua esperança de reencontrar sua Hanya, era que, quando ela reencarnasse, surgisse uma competição entre Deus e o Diabo. Assim, Heilel deveria escolher entre Carine e Aine, uma era seu verdadeiro amor, uma alma antiga que ultrapassou os séculos para encontrá-lo, e a outra uma verdadeira armadilha.

Ali, com Carine, sentia-se bem em afirmar isso. Era como se a conhecesse há anos. Era como se estivesse com Hanya.

De certa forma, ambas as mulheres são doces e encantadoras, mas cada uma a sua maneira. Aine era apenas uma jovem, mas de acordo com sua cultura e costumes, mesmo com a pouca idade, já estava comprometida com Akuma. Seu maior objetivo era tirá-la das mãos do pai, um verdadeiro aproveitador, protegendo-a, mas o que ele não contava era que ela era realmente apaixonada por ele. E que, além disso, as cláusulas do acordo do casamento seriam muito difíceis e complicadas de serem compreendidas. Já Carine entra na vida de Akuma, com seu jeito simples e problemas, e o conquista, mesmo sendo funcionária dele. Cego de desejo por Carine, acaba acreditando que ela é, de fato, sua Hanya. E é então que a competição fica ainda mais acalorada com Lúcifer participando ativamente desse jogo.

Esse foi o terceiro livro nacional que li com anjos e demônios, mas foi o que mais me conquistou. Roxane não escreve uma história, ela delineia uma imagem repleta de detalhes, uma trama que é ao mesmo tempo simples, mas cheia de formas. Sua forma de escrever é, no mínimo, pura poesia. Os personagens vivem no limiar entre o bem e o mal, mas têm suas características fixas e imutáveis. Além disso, nossa autora fez uso da cultura japonesa de uma forma que eu nunca tinha visto antes. Na verdade, passei a conhecer diversos elementos depois de ter lido o livro e ela, se dúvidas, nos apresentou da forma mais prazerosa que existe.

Youkai é um livro que aflora diferentes sentimentos no leitor. É fácil apaixonar-se por Aine, mas ainda assim sentir pena dela com tudo o que passa, e por Carine. Akuma e Miguel são anjos, mas ainda assim encantadores e extremamente sensuais. Roxane, você conseguiu reafirmar a minha opinião quanto aos livros atuais produzidos por autores brasileiros. Não vejo a hora de ler Immortales e Volkodlák!



Deixe o seu comentário

7 Respostas para "Youkai | Roxane Norris"

Mirelle - 15 julho 2013 às 15:11

Acho que essa é a terceira resenha que leio sobre Youkai. O livro realmente está dando o que falar e arrebatando o coração dos blogueiros. Depois da sua resenha fiquei ainda mais interessada, até porque adoro essa temática. Beijos, Mi

http://www.recantodami.com

Responder

Bruna - 15 julho 2013 às 15:57

Se não me falhe a memória já vi outra resenha desse livro e tbm falando muito bem do mesmo.
Não se eu leria o livro, mais depois da sua resenha pode se dizer que já nasceu uma pontinha de curiosidade ai 🙂
Um Beijo, Brubs
Livros de Cabeceira
@IWannaRuffles

Responder

Roxane Norris - 15 julho 2013 às 17:50

Thaís, a resenha ficou lindddaaaa demais!
Obrigada por todo seu carinho, Youkai tem sido uma grata surpresa!
Doida p te abraçar!!
Beijokas imensas
Roxane

Responder


Thaís Lemos Cavalcante
julho 15th, 2013 em 19:18
respondeu:

@Roxane Norris Ro, sucesso ainda é pouco o que desejo para você! Tudo de bom sempre nessa profissão tão mágica.
Vontade de te abraçar muuuuito. Sábado estaremos juntinhas! <3
Contando os minutos!

Responder

Breno Torres - 15 julho 2013 às 18:59

O que mais gostei foi fazer uma leitura de criaturas divinas na perspectiva japonesa. Além de que uma escrita poética num livro que trate de assuntos desse cunho seja realmente encantador.
Fiquei curioso pelo livro! E autores brasileiros sempre merecem um espaço privilegiado na nossa fila de próximas leituras, né? Por maior que ela esteja. xD
Beijão! Aliás, que lindo isso tudo aqui! Nunca havia vindo por estas bandas, e achei bem lindo tudão por aqui. Parabéns! E cada vez mais sucesso pra você!

http://mon-autre.blogspot.com.br/

Responder

Jacqueline - 15 julho 2013 às 22:28

Olá Thais
não conhecia o livro, mas nunca me canso de uma boa história envolvendo anjos. Amei a capa, e a premissa é super interessante. Bjos

Responder

Ítalo - 15 julho 2013 às 23:23

Só achei os nomes complicados, mas tudo bem. Então, amei a resenha e fiquei muito interessado em ler. Sou fã da saga Hush, Hush (Espero que você também goste), da Becca, e anjos me fascinam. Mas nunca vi um enredo tão bom quanto esse, mesmo na quadrilogia de Becca.
Beijão, viu? E agradecido pela visita de mais cedo (:

Responder

Instagram

Pronome Interrogativo • Blog e Canal • • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por